DICTUM

A-c

  • A clôche-pied, on ne fait pas grand chemin.
  • A close call.
  • A close chewer and a tight spitter.
  • A close shave.
  • A closed book.
  • A closed mouth catches no flies.
  • A closed mouth gathers no feet.
  • A co-autoria.
  • A coação.
  • A cobbler should stick to his last.
  • A cobiça cega todos os homens.
  • A cobiça contém todos os vícios.
  • A cobiça de dinheiro amolece o coração viril.
  • A cobiça destrói a fidelidade, a probidade e demais boas qualidades.
  • A cobiça disto só é liberal: das coisas que não pode possuir.
  • A cobiça é a fonte de todas as fraudes, malefícios e crimes.
  • A cobiça é a raiz de todos os males.
  • A cobiça é a sede de toda maldade.
  • A cobiça é rica, a vergonha é pobre.
  • A cobiça é um animal feroz, (cruel e insuportável).
  • A cobiça não se farta.
  • A cobiça pode mais que o que entendemos.
  • A cobiça provoca o mal.
  • A cobiça rompe o saco.
  • A cobiça, na velhice, se assemelha a um monstro.
  • A cobra maior engole a menor.
  • A coces y a puñadas.
  • A coces.
  • A cock and bull story.
  • A coelho ido, conselho vindo.
  • A coelo usque ad centrum.
    es] Del cielo al centro de la Tierra.
  • A coeur héroic/héroïque et hautain, fortune preste souvent la main.
  • A coeur vaillant et voulant, rien difficile ne pesant.
  • A coeur vaillant rien d'impossible.
    it] Cuor forte vince cattiva sorte.
    it] Volere è potere.
  • A coeur vaillant, épuisement possible.
  • A cog in the machine.
  • A cog in the wheel.
  • A coger amapolas, madre, me perdí; caras amapolas fueron para mí.
  • A cohores fratres viventem in aeternum.
    es] Una banda de hermanos que viven para siempre.
  • A coin toss.
  • A coisa alheia.
  • A coisa bem negada nunca é bem crida.
  • A coisa clama por seu dono.
  • A coisa começa a avançar melhor do que eu pensava.
  • A coisa comprada com dinheiro alheio é adquirida para o comprador, e não para o dono do dinheiro.
  • A coisa cresce em benefício de seu dono.
  • A coisa dada se reveste da majestade de quem dá.
  • A coisa defendida é logo mais desejada.
  • A coisa defendida é sempre mais desejada.
  • A coisa devida.
  • A coisa duvidosa.
  • A coisa é do primeiro que lhe deita a mão.
  • A coisa está clara.
  • A coisa está em segurança.
  • A coisa está no fundo/porto.
  • A coisa está numa extremidade.
  • A coisa está pegando.
  • A coisa evicta não faz parte do patrimônio.
  • A coisa frutifica em benefício do dono.
  • A coisa julgada é aceita como verdade.
  • A coisa julgada faz lei entre as partes.
  • A coisa litigiosa.
  • A coisa mais saborosa à nossa natureza é a que lhe é mais defesa.
  • A coisa mal feita, rogo ou peita.
  • A coisa muito urgente não obedece a nenhuma lei.
  • A coisa não anda bem.
  • A coisa não vai mal.
  • A coisa não vale a pena.
  • A coisa passa com seu ônus a quem quer que ela vá.
  • A coisa perdida.
  • A coisa perece para o comprador.
  • A coisa proibida é logo mais desejada.
  • A coisa proibida é sempre mais desejada.
  • A coisa que mais enfada, é a ignorância importuna.
  • A coisa que não tem dono pertence ao primeiro que a ocupa.
  • A coisa se perde para o dono.
  • A coisa se realizou imediatamente, mais rápido do que foi dita.
  • A coisa, onde quer que esteja, clama por seu dono.
  • A coisa, onde quer que esteja, é do seu dono.
  • A coisa.
  • A coisas do ano passado são sempre melhores.
  • A coisas novas devem ser atribuídos nomes novos.
  • A cold April the barn will fill.
  • A cold day in Hell.
  • A cold day in July.
  • A cold fish.
  • A cold hand, a warm heat.
  • A cold piece of work.
  • A cólera começa pelo delírio e finda pelo arrependimento.
  • A cólera dá forças às mãos fracas.
  • A cólera desmedida gera loucura.
  • A cólera deve ser evitada em todas as ocasiões.
  • A cólera deve ser inteiramente afastada do castigo.
  • A cólera divina avança para a vingança sem pressa, mas compensa a lentidão com a severidade da punição.
  • A cólera dos deuses torna infelizes aqueles a quem persegue; a cólera dos homens os suprime.
  • A cólera dos namorados dura um instante.
  • A cólera é ávida de vingança.
  • A cólera é geralmente o começo da loucura.
  • A cólera é o começo da loucura.
  • A cólera é uma loucura passageira.
  • <<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be

    DICTUM operone