DICTUM

A-d

  • A desconfiança é a mãe da segurança.
  • A desconfiança é a sentinela da segurança.
  • A desconfiança é filha da adversidade.
  • A desconfiança é mãe da discrição e da prudência.
  • A desconfiança é mãe dos discretos.
  • A desculpa 'não pensei nisso' é a mais vergonhosa para um general.
  • A desculpa do aleijado é a muleta.
  • A desejo vem a costura.
  • A desesperação faz os homens ousados.
  • A desestima dos bons dá ousadia aos maus.
  • A desgraça anuncia a morte que está escondida; a doença, a morte que está aparecendo; a velhice, a morte que está presente.
  • A desgraça de quem pede é ser sujeito (o. sujeitar-se) a quem tem.
  • A desgraça de um homem cumpridor dos seus deveres é uma acusação aos homens honestos.
  • A desgraça de uns é o bem de outros.
  • A desgraça do pobre é querer imitar o rico.
  • A desgraça é como a morte: iguala/nivela todos os homens.
  • A desgraça é o momento da coragem.
  • A desgraça entra às braçadas e vai às polegadas.
  • A desgraça inevitável acompanha a decisão errada.
  • A desgraça mostra se tens um amigo de verdade ou só no nome.
  • A desgraça ninguém foge.
  • A desgraça vem às braçadas e vai às polegadas.
  • A desgraça vem sem ser chamada.
  • A desgraça, para ser boa, precisa ser bem desgraçada.
  • A desmuertas.
  • A desonestidade só precisa de um pretexto.
  • A desonra é pior do que a dor.
  • A desonrosa paixão, que favorece o vício, é que fez do Amor um deus.
  • A despesa de um é a receita de outro.
  • A despesa de um monumento é inútil; nossa memória permanecerá, se o merecermos por nossa vida.
  • A despreocupação é a causa mais freqüente dos desastres.
  • A desprezível água e o pão são bebida e comida de cão.
  • A dessert spoonful.
    la] Cochleare medium.
  • A destreza pode muito, mas mais a perseverança.
  • A desunião dos cidadãos é a oportunidade dos inimigos.
  • A desventura sempre espreita e vem não cuidada.
  • A desventura torna o homem negligente.
  • A determinação em todo negócio é perigosa.
  • A Deus agrada mais quem lhe mostra as mãos limpas do que quem lhe mostra as mãos cheias.
  • A Deus e a el-rei, não errarei.
  • A Deus e à pátria.
  • A Deus e à ventura, botar a nadar.
  • A Deus e ao príncipe.
  • A Deus nada é difícil.
  • A Deus nada é impossível, (mas tudo é muito fácil).
  • A Deus nada é inacessível.
  • A Deus nada está fechado.
  • A Deus nada se esconde.
  • A Deus não vês, mas o conheces por suas obras.
  • A Deus ninguém engana.
  • A Deus o que é de Deus, a César o que é de César.
  • A Deus pertence aliviar-te e livrar-te de toda confusão.
  • A Deus poderás mentir, mas não enganar.
  • A Deus rezando e com o malho dando.
  • A Deus rogando e com o maço dando.
  • A Deus são visíveis os segredos do coração humano.
  • A Deus só é impossível o que Ele não quer.
  • A Deus tudo é fácil e nada é impossível.
  • A Deus tudo é possível.
  • A Deus, à pátria, aos amigos.
  • A Deus, ao Rei, à Pátria.
  • A Deus, aos amigos, à pátria.
  • A Deus, que é muito bom e muito grande.
  • A deusa Discórdia alimenta a guerra.
  • A deusa Fama costuma dizer a verdade.
  • A deusa Fortuna favorece o primeiro esforço.
  • A deusa Fortuna sozinha supera as decisões de cem homens doutos.
  • A deusa Necessidade sorteia os poderosos e os humildes de acordo com uma lei imparcial.
  • A deusa Vênus misturou todos os mares com o céu.
  • A deusa, irritada, mantinha os olhos fixos no chão.
  • A deux coups, quatre pertuis.
  • A deux on est bien, à trois on est trop.
  • A devil of a job.
  • A devil of a time.
  • A devoção das coisas está no proveito ou gosto delas.
  • A dextris meis.
  • A días claros, oscuros nublados.
  • A diente cogen la liebre.
  • A diente, como jaca de atabalero.
  • A diestro y a siniestro.
  • A Dieu père, maistre et patrie, le semblable ne se rend mye.
  • A Dieu rien n'est impossible.
  • A Dieu s'en voyse qui d'autruy se mocque.
  • A dieu sünd, A dieu schand.
  • A Dieu, à maistre ny à parent l'on ne peut rendre l'équivalent.
  • A Dieu, à père et à maistre, nul ne peult rendre équivalent.
  • A diferença de caracteres dissolve as amizades.
  • A difference of opinion.
  • A different kettle of fish.
  • A difícil glória chega por um caminho cheio de perigos.
  • A digito cognoscitur leo (Ab unguibus leo).
    es] Al león por la uña (conocemos).
  • A digito cognoscitur leo.
  • A digito dignoscitur leo.
  • A dignidade abandona a todos que se deixam dominar pela ira.
  • A dignidade está no trabalho.
  • A digniori fieri debet denominatio.
  • A diligência concede e conquista tudo.
  • A diligência é a mãe da boa ventura.
  • A diligência é a mãe da prosperidade.
  • A diligência é a mãe da ventura.
  • <<< 1 2 3 4 5 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be

    DICTUM operone