DICTUM

A-n

  • A necessidade aguça o talento.
  • A necessidade carece de lei.
  • A necessidade conduz a Deus.
  • A necessidade costuma ser mais poderosa do que o amor.
  • A necessidade dá talento.
  • A necessidade dá-se perdão.
  • A necessidade de provar recai no autor da ação.
  • A necessidade deu-nos talento.
  • A necessidade é a mãe da invenção.
  • A necessidade é a mãe da saúde.
  • A necessidade é a mãe das artes.
  • A necessidade é a mãe do engenho.
  • A necessidade é a mãe dos crimes.
  • A necessidade é a mestra da arte.
  • A necessidade é cruel.
  • A necessidade é distribuidora de talento.
  • A necessidade é inimiga da virtude.
  • A necessidade é mãe da indústria.
  • A necessidade é mãe da invenção.
  • A necessidade é mãe das invenções.
  • A necessidade é mais eficaz do que qualquer ciência.
  • A necessidade é mestra da vida.
  • A necessidade é mestra.
  • A necessidade é o melhor mestre de oratória.
  • A necessidade é que melhor ensina a rezar.
  • A necessidade é uma arma cruel.
  • A necessidade é uma arma possante.
  • A necessidade é uma grande força.
  • A necessidade é uma grande justificativa para a fraqueza humana.
  • A necessidade é uma mestra.
  • A necessidade em toda coisa é trabalhosa.
  • A necessidade empurra as crianças para a prostituição, os homens para o furto, os próprios velhos para a mendicância.
  • A necessidade ensina a rezar.
  • A necessidade ensina a sofrer.
  • A necessidade ensina a viver.
  • A necessidade ensina até o ignorante.
  • A necessidade ensinou-me tudo.
  • A necessidade esperta a preguiça.
  • A necessidade esperta o engenho.
  • A necessidade espicaça o engenho.
  • A necessidade estimula o talento.
  • A necessidade faz a lei do momento.
  • A necessidade faz a lei e não se resigna a recebê-la.
  • A necessidade faz a lei.
  • A necessidade faz a razão.
  • A necessidade faz a velha correr.
  • A necessidade faz do indigente um mentiroso.
  • A necessidade faz lei.
  • A necessidade faz o ladrão.
  • A necessidade faz o sapo pular.
  • A necessidade faz o sapo saltar.
  • A necessidade faz o velho andar de chouto.
  • A necessidade faz os homens espertos.
  • A necessidade força a fazer o que não se deve.
  • A necessidade inventa soluções.
  • A necessidade justifica aquilo que (ela) impõe.
  • A necessidade mete a velha a caminho.
  • A necessidade mostra o amigo.
  • A necessidade mui pouco descanso tem.
  • A necessidade não conhece leis.
  • A necessidade não obedece à lei; ela faz a lei.
  • A necessidade não sofre espera.
  • A necessidade não tem descanso.
  • A necessidade não tem lei e ensina mais que um rei.
  • A necessidade não tem lei, mas a da fome sobre todas pode.
  • A necessidade não tem lei.
  • A necessidade obriga a tudo.
  • A necessidade obriga até os deuses.
  • A necessidade obtém do homem tudo que quer.
  • A necessidade põe a velha a caminho.
  • A necessidade pública é maior que a privada.
  • A necessidade rompe a lei.
  • A necessidade rompe toda lei.
  • A necessidade só sabe vencer.
  • A necessidade tem cara de herege.
  • A necessidade tem precedência sobre a razão, principalmente na guerra, porque raramente se pode escolher a ocasião.
  • A necessidade tira a capacidade de decidir.
  • A necessidade torna justo o que de direito não é lícito.
  • A necessidade torna lícito o que em outra ocasião seria ilícito.
  • A necessidade torna sábio quem antes era ignorante.
  • A necessidade torna valentes até os medrosos.
  • A necessidade tudo ensina.
  • A necessidade vence a lei.
  • A necessidade vence a lei; ela zomba das leis.
  • A necktie party.
  • A needle in a bundle of hay/haystack.
  • A negação torna a causa duvidosa.
  • A Nêgel (Neige, Bischen) Suppe schadt am (einem alten Hunde) nischt.
  • A negligência corrompe o ânimo.
  • A negligência criou não poucas faltas.
  • A negligência é madrasta das virtudes.
  • A negligência grande é causa de muito mal.
  • A negligência ou a cobiça de um não deve prejudicar a quem foi diligente.
  • A negligência sempre tem o infortúnio como companheiro.
  • A negociação feita sem cuidado é negociação ruinosa.
  • A negocio nuevo, consejo nuevo.
  • A negra morte convoca todas as coisas para suas leis.
  • A negra preocupação vem montada na garupa do cavaleiro.
  • A negro's face cannot be whitened by washing.
  • A Nehmer is nit kein Geber.Jüdisch-deutsch
    info] Wer gern Geschenke, Bestechung annimmt, der ist gegen andere nicht freigebig.
  • <<< 1 2 3 4 5 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be Bi Bj Bl Bo Br Bs Bu By

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be Bi Bl Bo Br Bu By
    Ca Ce Ch Ci Cl Co Cr Cu Cy
    Da

    DICTUM operone