DICTUM

A-o

  • A Omessa, u sole ci s'arrizza duie volte.
  • A once-over.
  • A onda do amor é sempre mais favorável aos namorados ausentes.
  • A one in a million chance.
  • A one-day wonder.
  • A one-horse race.
  • A one-horse town.
  • A one-man band.
  • A one-night stand.
  • A one-track mind.
  • A one-trick pony.
  • A one-way street.
  • A one-way ticket to somewhere or something.
  • A opinião do mestre é apenas provável.
  • A opinião do povo nem é boa nem má.
  • A opinião dos velhos é a melhor.
  • A opinião generalizada dos doutos.
  • A opinião preconcebida prejudica o julgamento.
  • A opinião pública é um mensageiro veloz, mas um guia pouco seguro.
  • A opinião pública nem sempre erra.
  • A opinião pública.
  • A opinião se submete à verdade.
  • A oportunidade da lei.
  • A oportunidade faz o ladrão.
  • A oportunidade não poderia chegar mais oportunamente.
  • A oportunidade passa rápido.
  • A oração breve depressa chega ao céu.
  • A oração breve penetra no céu.
  • A oração breve penetra nos céus, a bebedeira longa esvazia os copos.
  • A oração da fé salvará o enfermo.
  • A oração do que se humilha penetrará as nuvens.
  • A oração é a elevação do espírito a Deus.
  • A oração é o apoio no perigo, o remédio dos doentes, o escudo dos fracos, o perfume dos cidadãos superiores.
  • A oração que o cão reza não penetra no céu.
  • A órbita do sol é igual à do homem, mas o destino é diferente: se aquele desce, volta; se este desce, se perde.
  • A ordem conduz a Deus.
  • A ordem e o equilíbrio tornam tudo mais rápido.
  • A ordem é rica, e os frades são poucos.
  • A ordem natural.
  • A ordem tirada do caos.
  • A ordem traz luz à memória.
  • A oreja de amiga, tras largo de viga
  • A órfã não goza nem o dia de sua boda.
  • A orgueil, ne manque cordueil.
  • A orgulhosa Roma se arruína por causa de sua própria prosperidade.
  • A origem da lei.
  • A origem de nossa raça remonta a Júpiter.
  • A origem do mal.
  • A orla é pior que o pano.
  • A Orléans la broche est rompue et la femme a emporté la clef.
  • A orloi, milin e spose j mancje simpri qualche cjosse.
  • A Ortignano, chi non è birro non è cristiano.
  • A osadas, que pocas me haga mi madre que no me las pague.
  • A osadas, que quien lo dijo no mintió.
  • A osadas.
  • A oscuras nadie ve y dormido quien siente.
  • A öss a heller Jong'.
    Es ist ein heller Junge.
    info] Er fängt zeitig an. Die Redensart wird aber auch angewandt, wenn man in die Kräfte jemandes Misstrauen setzt.
  • A öss a Mordsmann.
    Gegend von Böhmisch-Friedland
  • A öss a rechter Davidl.
    info] Von einem Menschen kleinen Wuchses.
  • A öss a Schosenmacher.
    Bärnsdorf bei Böhmisch-Friedland
    info] Ein unterhaltender, gemütlicher Gesellschafter, der alle Taschen voll launiger Einfälle und Späße hat, lustiger Anekdoten voll ist.
  • A öss a Schuslich.
    Böhmisch-Friedland
    info] Von schuseln, etwas oberflächlich, leicht hinmachen, also ein unüberlegter, leichtsinniger Mensch, Faselhans.
  • A öss a Vîechskerl.
    info] In dem Sinne wie Mordskerl, Mordsmann.
  • A öss a Weinbeisser.
    Böhmisch-Friedland
    info] Er versteht sich aufs regelrechte Weintrinken.
  • A öss ondern Schlitten g'kumm.
    Gegend von Böhmisch-Friedland
    info] Er ist in seinem Geschäft u.s.w. herabgekommen.
  • A ostentação da dor exige mais do que a própria dor: quão poucos homens ficam tristes quando estão sós!
  • A otra cosa mariposa, y no compliques más las cosas.
  • A otra cosa mariposa.
  • A otra puerta, que ésta no se abre.
  • A otro bobo con ese cuento.
  • A otro burro con esa albarda.
  • A otro mercado vaya do mejor se le venda su hilaza.
  • A otro perro con ese hueso, que éste ya está roído.
  • A otro perro con ese hueso.
  • A otro perro más "hambriao", con ese hueso "pelao".
  • A otro viento, otro tiento.
  • A ottobre il mosto è nelle botti.
  • A ousadia há de ser o princípio da obra.
  • A ousadia sem deliberação as mais das vezes gera arrependimento.
  • A outra parte do dia é para o descanso, mas esta é para o trabalho.
  • A outra porta, que esta não se abre.
  • A outra vida.
  • A outrance.
  • A outrem desculpa muitas vezes, a ti, nunca.
  • A outro cão com esse osso.
  • A outro cão com outro osso.
  • A outro perro com esse osso.
  • A outro perro com tais rojões.
  • A ovelha lazarenta gosta de beber na nascente.
  • A ovelha louçã disse a cabra: dá-me a lã.
  • A ovelha pior do bando é a primeira que espirra.
  • A ovelha pior do bando é a que espirra.
  • A ovelha que é do lobo, Santo Antônio não a guarda.
  • A ovelha que não tem dono, come-a o lobo.
  • A ovelha que sai do seu aprisco logo sente as mordidas do lobo.
  • <<< 1 2 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be Bi Bj Bl Bo Br Bs Bu By

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be Bi Bl Bo Br Bu By
    Ca Ce Ch Ci Cl Co Cr Cu Cy
    Da

    DICTUM operone