DICTUM

A-v

  • A verdadeira lei da história é a verdade.
  • A verdadeira religião é a base do estado.
  • A verdadeira religião nos prescreve que amemos até nossos inimigos.
  • A verdadeira religião nos prescreve que não nos deixemos levar pela ira, mas que resistamos a ela.
  • A verdadeira riqueza ninguém nos tira.
  • A verdadeira sapiência destrói a falsa.
  • A vergonha de si próprio é o maior suplício da vida.
  • A vergonha dos médicos.
  • A vergonha é freio das culpas e a verdade das desordens do mundo.
  • A vergonha é prejudicial para o necessitado.
  • A vergonha está no crime, não na pena.
  • A vergonha está no crime, não no arrependimento.
  • A vergonha me impede de ousar o que minhas forças se recusariam a executar.
  • A vergonha revela os remorsos que se pretende ocultar.
  • A verità stà in bocca à i zitelli.
  • A verità ùn piaci micca à tutti.
  • A verkriecht sich, wie der Hund vorn Fliegen.
  • A verliert sich wies Quaksilber.
    info] Schmalhans wird Küchenmeister sein, wenn sein Glück sich wie Quecksilber verlieren wird.
  • A vero domino.
  • A verschater Kapzen.
    Jüdisch-deutsch
    info] Vom polnischen Kapcan = Bettler, armer Schlucker, Hungerleider. Von einem armen Teufel, der noch noble Passionen hat. Durch das Wort: 'verschat', das sich im Deutschen nicht wiedergeben lässt, wird ein Ausgelassener bezeichnet.
  • A verschüttet's Wasser kann ma nimmer aufhebn.
  • A vertice usque ad calcem.
  • A verzagte Möntsch (Mensch) isch im Himmel nid sichar.
    Bern
  • A verzunft Moilchen (Mäulchen) machen.
    Schlesien
    info] 'S gieng auch eina verbee, die machte sua verzunft Moilchen, as mar hette sillen a Wirmle os der Gusche ziehn.
  • A veste logorata poca fede vien prestata.
    fr] On ne prête qu'aux riches.
  • A vez.
  • A via deritta è semprea cchiu spicciativa.
  • A via et veritate aberrare durum est.
  • A viagem é mais rápida quando se tem boa companhia.
  • A viaghju longu, passu misuratu (muderatu).
  • A vianda dura, muela aguda.
  • A vianda fría, estómago caliente.
  • A vicious circle (a logical fallacy).
    la] Circulus vitiosus.
  • A vicious circle.
  • A vicious colt may make a good horse.
  • A vicious dog must be tied short.
  • A vida a quem não pesa, não cansa.
  • A vida alheia é para nós uma mestra.
  • A vida aqui é muito doce, se não sabes nada.
  • A vida de amanhã é muito tardia: vive hoje.
  • A vida de amanhã é tarde demais: vive hoje.
  • A vida de todos os mortais é digna de piedade.
  • A vida de um único homem será dada pela vida de muitos.
  • A vida de um velho parece-se com a chama de uma vela numa corrente de ar.
  • A vida deve ser ajustada ao costume da terra.
  • A vida do animal está no sangue.
  • A vida do cortesão é uma contínua escravidão.
  • A vida do homem é curta: por isso a morte honesta é a imortalidade.
  • A vida do homem é uma luta.
  • A vida do homem é uma peregrinação.
  • A vida do homem sobre a terra é uma luta, e os seus dias são como os do diarista.
  • A vida do insensato é ingrata, é agitada, está toda voltada para o futuro.
  • A vida do ser humano é breve.
  • A vida dos homens é como um jogo de dados.
  • A vida dos homens é uma luta.
  • A vida dos homens passa rápido como uma sombra.
  • A vida dos mortais é cinza e fumaça.
  • A vida dos mortais é curta.
  • A vida dos peixes é esta: o maior devora o menor.
  • A vida dos que morreram está guardada na memória dos vivos.
  • A vida e a confiança só se perdem uma vez.
  • A vida e a morte são leis da natureza.
  • A vida e a reputação do homem caminham a passo igual.
  • A vida é ação; a inatividade é morte.
  • A vida é breve, a arte é extensa.
  • A vida é breve, a ciência é grande, a ocasião é fugaz, a experiência é perigosa, o julgamento é difícil.
  • A vida é breve, mesmo que se estenda além dos mil anos.
  • A vida é breve.
  • A vida é cheia de altos e baixos.
  • A vida é como cebola: descasca-se chorando.
  • A vida é como uma peça de teatro: não importa por quanto tempo dura, mas quão bem é representada.
  • A vida é curta, a arte é longa.
  • A vida é espinhosa.
  • A vida é feita de dois dias. Um que é doce e outro que é amargo.
  • A vida é incerta, a morte é muito certa.
  • A vida é incerta, mas a morte é certa.
  • A vida é instável.
  • A vida é longa, se é plena.
  • A vida é muito agradável, quando já se está na descida.
  • A vida é muito feliz, quando nada se sabe.
  • A vida é prazer de quem não tem saber.
  • A vida é ruim, mas ninguém quer morrer.
  • A vida é sonho.
  • A vida é tranqüila para aqueles que suprimem o meu e o teu.
  • A vida é um exílio.
  • A vida é um mar: é coisa cheia de medo, cheia de tumulto.
  • A vida é um mistério de que a fé tem o segredo.
  • A vida é um sono de que a morte nos desperta.
  • A vida é uma escola: enquanto vivemos, aprendemos.
  • A vida é uma eterna luta.
  • A vida é uma luta permanente.
  • A vida é uma luz ao vento.
  • A vida é uma seta que voa.
  • A vida é uma sombra que passa.
  • A vida empregada em diversos negócios não segura em nenhum.
  • A vida está repleta de numerosos e variados acidentes, por causa dos quais ninguém tem uma longa paz, dificilmente uma trégua.
  • A vida está suspensa por um tênue fio.
  • A vida eterna.
  • A vida flui como um rio.
  • A vida humana baseia-se nos benefícios e no entendimento.
  • <<< 1 2 3 4 5 6 7 8 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be

    DICTUM operone