DICTUM

Ai

  • Ainda assim.
  • Ainda bem não põe o pé, e logo faz pegada.
  • Ainda cheira a cueiros.
  • Ainda cheira aos cueiros em que nasceu.
  • Ainda choras? Vou providenciar para que tenhas motivo para chorar a tua sorte.
  • Ainda contra ti, jamais faltes à verdade.
  • Ainda Deus está onde estava.
  • Ainda está para nascer o que agrada a todos.
  • Ainda está para nascer, quem de ovelhas há de entender.
  • Ainda estas lamas hão de ser pó.
  • Ainda João Vaz tem besta, não deixou de lhe apontar à testa.
  • Ainda João Vaz tem besta, não deixou de lhe dar na cabeça.
  • Ainda mais essa !.
  • Ainda mesmo contra ti, não faltes à verdade.
  • Ainda não apanhou o urso e já lhe vende a pele.
  • Ainda não comi ovo de sua galinha.
  • Ainda não deu meio-dia em São Paulo.
  • Ainda não divulgado.
  • Ainda não é chegada a minha hora.
  • Ainda não é nascida e já espirra.
  • Ainda não és bem sucedido, se a populaça ainda não te critica.
  • Ainda não está na cabaça e já é vinagre.
  • Ainda não estás madura; não te quero colher verde.
  • Ainda não estou no porto, para recordar em segurança as passadas procelas.
  • Ainda não mataste o urso, e queres vender-lhe a pele.
  • Ainda não me tiveste o pé a ferrar.
  • Ainda não montamos, já cavalgamos.
  • Ainda não publicado.
  • Ainda não saiu do á-bê-cê.
  • Ainda não saiu dos cueiros.
  • Ainda não se acabou o dia de hoje.
  • Ainda não se conseguira a vitória, mas já havia discórdia.
  • Ainda nao sellamos, ja cavalgamos.
  • Ainda não tem cueiro e já quer ter calças.
  • Ainda não vi as cruzes do dinheiro.
  • Ainda nem morto e já esfolado.
  • Ainda o mundo não se acabou.
  • Ainda o passarinho acha casa para si, e a rola ninho para si, onde ponha seus filhinhos.
  • Ainda para mais ajuda irónico.
  • Ainda por cima.
  • Ainda por nascer.
  • Ainda quando.
  • Ainda que a garça voe alto, o falcão a mata.
  • Ainda que a malícia escurece a verdade, não a pode apagar (o. apanhar).
  • Ainda que a moça é tosca, bem vê ela a mosca.
  • Ainda que a traição agrade, o traidor sempre aborrece.
  • Ainda que doce seja o mel, a mordidela da abelha é cruel.
  • Ainda que enterrem a verdade, a virtude não se sepulta.
  • Ainda que enterrem a verdade, não sepultam a virtude.
  • Ainda que entres na vinha e voltes o gibão, se não trabalhares, não te darão pão.
  • Ainda que estejas mal com tua mulher, não é bom conselho cortar(es) o aparelho.
  • Ainda que estejas mal com tua mulher, não é bom conselho que cortes o aparelho.
  • Ainda que eu tenha de morrer contigo, não te negarei.
  • Ainda que eu tivesse cem línguas e cem bocas, e uma voz poderosa, eu não poderia expressar todas as formas de crimes, nem citar os nomes de todos os castigos.
  • Ainda que expulses a natureza com o forcado, ela no entanto voltará obstinadamente.
  • Aínda que me botes os cans ó rabo, léveme o demo se deixo o nabo.
  • Ainda que mude a pele a raposa, seu natural não/nunca despoja.
  • Ainda que na desgraça, jamais te humilhes.
  • Ainda que não falemos, bem nos queremos.
  • Ainda que não leiamos pelos livros, também somos gente.
  • Ainda que não nos falemos, bem nos queremos.
  • Ainda que negro é, alma tem, honra e fé.
  • Ainda que negros somos, gente somos, alma temos.
  • Ainda que no pobre haja fingimento, a esmola não perde o merecimento.
  • Ainda que o galo deixe de cantar, as manhãs sempre aparecem.
  • Ainda que o galo não cante, a manhã sempre rompe.
  • Ainda que seja doce o mel, a picada da abelha é cruel.
  • Ainda que sejam atendidos muitas vezes, se negas um único favor, os ingratos se lembram somente do que foi negado.
  • Ainda que sejas prudente e velho, não desprezes conselho.
  • Ainda que sejas prudente e velho, nunca desprezes o bom conselho.
  • Ainda que sejas velho, não desprezes bom conselho.
  • Ainda que somos negros, gente somos, e alma temos.
  • Ainda que sou tosca, bem vejo a mosca.
  • Ainda que teu amigo seja de mel, não o lambas tu.
  • Ainda que teu sabujo he/é manso, naõ o mordas no beiço.
  • Ainda que todos tremam, direi o que sinto.
  • Ainda que vistas a mona de seda, mona se queda.
  • Ainda que/ainda mesmo que.
  • Ainda se/se ainda.
  • Ainda tem muitas noites que dormir fora.
  • Ainda temos muitas noites que dormir fora.
  • Ainda temos muito que ver.
  • Ainda/tanto melhor.
  • Ainda/tanto pior.
  • Aine klaine Kaffeebohne raiste nach Amerika.
    Amerika war zugeschlossen und der Schlissl abgebrochen!
    Was sagsch du?
  • Aineh villen leben un kennen nit, un andereh kenen leben un villen nit.
    en] Some want to live well and cannot, while others can live well and will not.
  • Ainem dacht zikh az bei yenem lacht zikh.
    en] One always thinks that others are happy.
  • Ainem seinen dreck in dz antlitz werffen.
  • Ainem's mazel iz an anderen's shlemazel.
    en] One's good luck is another's misfortune.
  • Ainen Fuchsschwantz verkauffen.
    la] Obtrudere palpum.
    Plautus
  • Ainer fiedert den Boltzen, vnd ain anderer scheusst jn.
  • Ainer iz a ligen, tsvai iz ligens, drei iz politik.
    en] One lie is a lie, two are lies, but three is politics!
  • Ainer vaist nit dem anderens krenk.
    en] One doesn't know another's sorrow.
  • Ains Paternosters lang.
  • Ains, zwai, drei,
    wer isch wassrschei?
    Wer auf drei it dunta isch,
    der isch wassrschei.
    Ains, zwai, ...
    nicke-nackenicke-nacke
    und di letschde Zahl haißt nicke-nacke drei!
  • Ains, zwai, drei
    und du bisch frei!
    Eins, zwei, drei
    und du bist frei!
  • Ainsi de notre espoir la fortune se joue :
    Tout s'élève ou s'abaisse au branle de sa roue.
    Et son ordre inégal, qui régit l'univers,
    Au milieu du bonheur a ses plus grands revers.
    Pierre Corneille, 1606-1684
  • Ainsi dit le renard des mûres, quand il n'en peut avoir: elles ne sont point bonnes.
  • Ainsi dit regnart des meures
  • Ainsi donc, comme un baume en notre afflictions,
    Le ciel nous envoya la consolation.
    Collin D'Harleville, 1755-1806
  • <<< 1 2 3 4 5 6 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be

    DICTUM operone