DICTUM

An

  • Antes inveja que piedade.
  • Antes invejado que coitado.
  • Antes invejado que lastimado.
  • Antes la costumbre de perder hay la virtud de dar.
  • Antes lavrador que Nero.
  • Antes lazarento escondido no mato que gordo e nédio no papo do gato.
  • Antes lebre que leão.
  • Antes levar por engano que deixar por esquecimento.
  • Antes lutar que ser escravo.
  • Antes má avença que boa sentença.
  • Antes má estrada que mau companheiro.
  • Antes magro no mato que gordo no papo do gato.
  • Antes mar por vizinho que escudeiro mesquinho.
  • Antes marido feio e laborioso, que bonito e preguiçoso.
  • Antes marido velho e rico que moço com dois ceitis.
  • Antes me muero que prestar dinero.
  • Antes merecer e não ter que ter e não merecer.
  • Antes miente la madre al hijo que el hielo el granizo.
  • Antes minha face com fome amarela do que vergonha nela.
  • Antes minha face de fome amarela do que com labéu ou vergonha nela.
  • Antes mis clientes que mis parientes.
  • Antes moral que almendro.
  • Antes moral tardío que almendro florido.
  • Antes moreira que amendoeira.
  • Antes morir que pecar.
  • Antes morir que retroceder.
  • Antes morrer arruinado que viver esfaimado.
  • Antes morrer com dignidade do que servir com ignomínia.
  • Antes morrer do que faltar à palavra.
  • Antes morrer honrado que viver desavergonhado.
  • Antes morrer mil vezes que praticar um único ato vil.
  • Antes morrer que desistir.
  • Antes morrer que desonrar-se.
  • Antes morrer que se desonrar.
  • Antes morte honrada que vida abatida.
  • Antes morte que má sorte.
  • Antes morte que vergonha.
  • Antes morto por ladrão que por coice de asno.
  • Antes morto por ladrões, que por couce de asno.
  • Antes muerta que sencilla, a que sencilla
  • Antes muerta que sencilla.
  • Antes muerte que (fría) vergüenza.
  • Antes muertos que sencillos.
  • Antes muitos poucos que poucos muitos.
  • Antes mujer de Juan Terron, que querida de un señoron.
  • Antes mujer de pobre que manceba de conde.
  • Antes mujer de quien nada es, que manceba de algún marqués.
  • Antes mujer de un pobre, que manceba de un conde.
  • Antes mulher de outro que coice de potro.
  • Antes na estrada em carro velho do que no mar em navio novo.
  • Antes nada fazer (do) que fazer nadas.
  • Antes não começar (do) que não acabar.
  • Antes não ser contente que arrependido.
  • Antes niega la madre al hijo que la helada al granizo.
  • Antes no se podían ver y ahora están cagando de un culo.
  • Antes o después, invierno es.
  • Antes o después, ¡ya vendrá el tío paco con la rebaja!.
  • Antes o mar por vizinho do que cavaleiro mesquinho.
  • Antes o necessário que o útil.
  • Antes o queria perder que achar.
  • Antes pan que vino, y antes vino que tocino, y antes tocino que lino.
  • Antes pan que vino, y antes vino que tocino.
  • Antes para nós um baguinho que dois figos para o vizinho.
  • Antes pardal na mão que perdiz a voar.
  • Antes pecar que abrasar.
  • Antes pecar que arder.
  • Antes pelo contrário.
  • Antes perder a lã que o carneiro.
  • Antes perder a vida que a esperança.
  • Antes perder os anéis que os dedos.
  • Antes perder um amigo que perder uma frase.
  • Antes perder um amigo que uma boa piada.
  • Antes perder um bom dito que um amigo.
  • Antes perderá el hombre el diente que la simiente.
  • Antes perderei a soldada que tantos mandados faça.
  • Antes pillan al mentiroso que a un cojo.
  • Antes pobre esfarrapado que rico desonrado.
  • Antes pobre honrado que rico injuriado.
  • Antes pobre honrado que rico ladrão.
  • Antes pobre sossegado do que rico atrapalhado.
  • Antes pobre sossegado que rico atrapalhado.
  • Antes pobre, mas honrado, do que rico, mas ladrão.
  • Antes pobreza honrada que riqueza desonesta.
  • Antes pobreza honrada que riqueza roubada.
  • Antes podrido que mal comido.
  • Antes pouco do que nada.
  • Antes pouco que nada.
  • Antes provocar um cão que uma velha.
  • Antes que a farinha fique torrada.
  • Antes que acabes, não te gabes.
  • Antes que acabes, no te alabes.
  • Antes que armas tomar, todo se ha de tentar.
  • Antes que cases, cata o que fazes, que não é nó que desates.
  • Antes que cases, mira que haces, que no es ñudo que deshaces.
  • Antes que cases, olha o que fazes, não te arrases.
  • Antes que cases, olha o que fazes, que não é nó que desates.
  • Antes que cases, olha o que fazes.
  • Antes que cases, vê o que fazes, porque não é/he nó que desates.
  • Antes que comeces, examina cuidadosamente.
  • Antes que conheças, não/nem louves nem ofendas.
  • <<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 >>>

    alphabetical
    A-a A-b A-c A-d A-e A-f A-g A-h A-i
    A-j A-k A-l A-m A-n A-o A-p A-q
    A-r A-s A-t A-u A-v A-w A-y A-z
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Aj Ak Al Am
    An Ao Ap Aq Ar As At Au Av Aw Ax Ay Az
    Ba Be Bi Bj Bl Bo Br Bs Bu By

    keywords
    Aa Ab Ac Ad Ae Af Ag Ah Ai Ak Al Am An Aq Ap Ar As At Au Av Aw Ax Az
    Ba Be Bi Bl Bo Br Bu By
    Ca Ce Ch Ci Cl Co Cr Cu Cy
    Da

    DICTUM operone