DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • A duck will not always dabble in the same gutter.
  • A due cose è bene indugiare, a morire e a pagare.
  • A dull ass near home needs no spur.
  • A dull ass near home trots without the stick.
  • A dull pencil is greater than the sharpest memory.
  • A dumb man never gets land.
  • A dumenica, ogni facendaccia fà, for di tesser'è filà.
  • A dunghill gentleman.
  • A Dunkirk cloak.
  • A Dünner (Donner) hot mich derschliegen.
    Jüdisch-deutsch
    Ausruf bei plötzlichem Erschrecken.
  • A duo signor, non si può servire.
  • A dur âne, dur aiguillon.
  • A dur asne duit (convient, il faut) esguillon.
  • A dur asne dur aiguillon.
    var] A dur asne dur esguillon.
    var] A dur asnon duit esguillon.
  • A dura incudine, martello di piuma.
  • A duração da vida é mais longa na mediocridade.
  • A dure enclume, marteau de plume.
  • A dure roure, dure cognée.
  • A duro ceppo, dura accetta.
  • A Dürr'n haben, dass eim de Rippen krachen.
    Oberösterreich
    Sehr mager sein.
  • A Dutch auction.
  • A Dutch fortnight.
  • A Dutch uncle.
  • A Dutchman's breeches.
  • A dúvida é a escola da verdade.
  • A dúvida é a sala de espera do conhecimento.
  • A dúvida é o começo da sabedoria.
  • A dúvida é o início do conhecimento.
  • A dwarf on a giant's shoulder sees farther of the two.
  • A dwarf threatens Hercules.
  • A e donne è à i zitelli li piace u dolce.
  • A E I O U, el burrito sabe mas que tu.
  • A e nozze è à a morte si cunnosce chì hè più forte.
  • A e' lon dia candilena neca e' rèmol e' pê farena.
  • A earger Skelm, a beedar Lok.
    Nordfriesland
    Das Wort Schelm kommt immer mit der Nebenbedeutung vor, dass jemand bei irgendeinem Streich, einer schlimmen Handlung mit besonderer Schlauheit zu Werke geht.
    Je ärger Schelm, je besser Glück.
  • A éclipses.
  • A economia é a base da porcaria.
    var] A economia é a base da prosperidade.
    var] A economia é a base da riqueza.
    var] A economia é um grande rendimento.
    var] A economia é um vício na opulência.
  • A economia é a base da prosperidade.
  • A economia é a habilidade de evitar os gastos supérfluos, ou a arte de usar o patrimônio com moderação.
  • A economia é o maior lucro.
  • A economia é um grande rendimento.
  • A educação dos menores a ninguém mais do que à mãe deles deve ser confiada.
  • A educação é mais importante do que a natureza.
  • A effet.
  • A égalité de.
  • A Ei es schnell gelêt (gelegt), aber nit schnell ausgebrüt.
    Nassau
  • A eito.
  • A elche me he de ir a ver a mi primo lejano, que los mozos de mi pueblo, mucha paja y poco grano.
  • A ele compete aprender, não ensinar.
  • A elegância da linguagem.
  • A ellas, padre, vos a las berzas y yo a la carne.
  • A eloqüência e o amor favorecem quem tem muito dinheiro.
  • A eloqüência parlamentar é uma campainha que se toca quando chega a hora de jantar.
  • A eloqüência, essa discípula da licença, que os tolos chamam de liberdade.
  • A embestida de hombre fiero, ¡pies para que os quiero!
  • A embriaguez é a mãe dos assassinatos, pai das brigas, geradora da loucura.
  • A embriaguez é fonte de crimes.
  • A embriaguez e o amor revelam os segredos.
  • A embriaguez é uma espécie de loucura voluntária.
  • A embriaguez é uma loucura voluntária.
  • A embriaguez não só agrava mas também revela todo crime.
  • A embriaguez tira a preocupação às almas aflitas.
  • A embriaguez tira de ti o caráter, os bens e o respeito.
  • A embriguez descobre tanto o que ama como o que odeia o coração.
  • A empenada quer-se quebrada.
  • A emulação alimenta o talento.
  • A en croire.
  • A encruzilhada da virtude e do vício.
  • A encruzilhada da virtude e dos vícios.
  • A enemigo que huye no le entretengas.
    var] A enemigo que huye, diez bendiciones.
    var] A enemigo que huye, golpe de gracia.
    var] A enemigo que huye, puente de plata.
    var] A enemigo que huye: Alfombra roja.
  • A enemigo que huye, puente de plata.
  • A enero le sigue febrero, el mes fulero.
    var] A enero le sigue febrero, mes fulero.
  • A enfermedad ignorada, pocas medicinas y a estudiarla.
  • A enfermo de encontrón, medicina de trompón.
  • A enfermo, niño o anciano, hay que tenderles la mano.
  • A engatinhar se aprende a andar.
  • A enger Handschuh und a weiter Schuh.
    Neresheim.
  • A entrenador nuevo, victoria segura.
  • A envestida de hombre fiero, pies para que os quiero.
  • A época de Augusto.
  • A eqüidade detesta o supérfluo.
  • A eqüidade é a religião do julgador.
  • A eqüidade é justiça temperada com a doçura da misericórdia.
  • A eqüidade não é senão o direito que a lei escrita omitiu.
  • A eqüidade não é senão o direito que a lei omitiu no texto.
  • A equidade não faz lei, mas assiste a lei.
  • A eqüidade nunca contraria a lei.
  • A eqüidade segue a lei.
  • A eqüidade subsiste na ficção legal.
  • A era cristã.
  • A erva ao vento se inclina.
  • A erva daninha depressa nasce e tarde envelhece.
  • A erva ruim não seca a geada.
  • A es weg wi Wesewosser.
    Wesewosser = Wiesenwasser.
    i] Das eben nur vorübergehend behufs der Bewässerung auf die Wiesen geleitet wird.
  • A escâncara.
  • A escardar cebollas.
  • A escaso señor, artero servidor.
  • A escassez de recursos da casa.
  • A escassez determina o valor.
  • A escassez faz o preço.
  • A escola do mundo é dura.
  • A escolha.
  • A escote, nada es caro.
  • A escote, no hay nada caro.
    var] A escote, no hay pegote.
  • A escritura é a vida das palavras.
  • A escritura é o documento legal da posse do que é nosso.
  • A escudeiro mesquinho, patrão adivinho.
    var] A escudeiro mesquinho, rapaz adivinho.
  • A escudero pobre, carbón de cañuto.
    var] A escudero pobre, mozo adivino.
  • A escudero pobre, taza de plata y olla de cobre.
  • A escuridão da discórdia obscurece o esplendor da verdade.
  • A escuridão vai embora, o amor permanece.
  • A escusa de temor vão não é justa.
  • A escusas de mau pagador, orelhas de mercador.
  • A escuta.
  • A ese andar, llévalos mi baca.
    var] A ese andar, llevaros mi haca (jaca).
  • A ése hay que echarle la galga.
  • A ése le gustaría volar, pero le faltan las plumas.
  • A ese le hace los trajes el sastre de Erro.
  • A ese le pica el gallo en el culo.
  • A ese le sale el calzoncillo por la manga.
  • A ese no lo mata ni el Tato.
  • A ese precio, no habría ya vara en la tienda.
  • A ese, como a los caballos viejos, ya no le queda más que el relincho.
  • A esmo.
  • A esmola é um mistério: quando a derdes, fechai a porta.
  • A esmola não empobrece, mas para o céu enriquece.
  • A esmola não favorece tanto a quem a recebe como a quem a dá.
  • A esmola, quando é muita, o santo desconfia.
  • A espaços/de espaço a espaço.
  • A espada e o anel (o. annel), segundo a mão em que estiver.
    var] A espada e o anel, na mão em que estiver.
  • A espada perde o fio.
  • A espada protege o governante, mas a confiança protege melhor.
  • A espada protege o governante.
  • A espada vence, e a palavra convence.
  • A espada viva do homem.
  • A espalda vuelta, no hay respuesta.
  • A espaldas neutro.
  • A espaldas vueltas, memorias muertas.
  • A espécie derroga o gênero.
  • A especificação de uma coisa é a exclusão de uma outra coisa.
  • A espera nos dá ensinamento, embora todos a odiemos.
  • A espera sempre estimula os apaixonados.
  • A esperança conforta a alma, honra e vida.
  • A esperança da impunidade é o grande atrativo do crime.
  • A esperança de glória alivia todas as penas.
  • A esperança de impunidade é o maior atrativo para o crime.
  • A esperança do descanso alivia o trabalho.
  • A esperança do ganho diminui a canseira.
  • A esperança é a última que morre, mas morre.
    var] A esperança é a última que morre.
  • A esperança é a última que morre.
  • A esperança e o medo se alternam com a confiança.
  • A esperança é o pão dos infelizes.
    var] A esperança é o pão dos pobres.
  • A esperança é o refrigério do trabalho.
  • A esperança é o sonho do homem acordado.
  • A esperança é refrigério do trabalho.
  • A esperança é sempre a última coisa que morre.
    var] A esperança é sempre a última que morre.
  • A esperança é uma virtude.
  • A esperança no ganho diminui a canseira.
  • A esperança sempre deu o melhor, e o tempo, tudo.
  • A esperança só morre junto com a gente.
  • A esperteza vem com a adversidade.
  • A espinha, quando nasce, leva o bico (o. pico) adiante.
  • A esposa deve ser amada como uma verdadeira riqueza.
  • A esposa é a companheira das coisas humanas e divinas.
  • A espreita.
  • À esquerda.
  • A esse começo deplorável seguiu-se uma sorte melhor.
  • A esse homem convém ser erigida uma estátua de ouro.
  • A esse' joeni, se 'mbara da vecchi.
    var] Ad essere giovani, si impara da vecchi.
  • A esses ataques não posso resistir nem mesmo uma hora.
  • A essoutra porta, que esta não se abre.
  • A este isto é permitido fazer isso impunemente, àquele não é permitido.
  • A este le dicen Zapata ... si no la gana la empata.
  • A este no le cubre la cabeza ni una nevada.
  • A este son, comen los del ron, ron.
  • A estilo pobre, antes reventar que sobre.
  • A estima das coisas está no carecer delas.
  • A estimativa da cabeça.
  • A estómago lleno todos los alimentos le parecen malos o indiferentes.
  • A estrada da morte deve ser pisada uma só vez.
  • A estrada é longa, mas as vozes são belas.
  • A estrada real.
  • A estrela branca brilhou para os marinheiros.
  • A estrela brilha atrás das nuvens.
  • A estrela de César brilha.
  • A estrela do mar.
  • A estupidez é a mãe e o alimento de todos os males.
  • A eterna Roma.
  • A eternidade depende deste momento.
  • A être vaincu par plus fort que soi il y a encore quelque gloire.
  • A étripe-cheval/étripe-chevaux.
  • A evacuação matinal vale um remédio.
  • A exceção confirma a regra.
  • A excepção confirma a regra.
  • A exemplo de.
  • A existência é a eterna procura da felicidade.
  • A expecificação de um é a exclusão de qualquer outro.
  • A expensas de precioso.
  • A experiência adquirida com sofrimento ensina.
  • A experiência corrige.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone