DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • Aquele homem fraco e indigno, que resiste, não só faz mau juízo da ordem do mundo, como também prefere corrigir os deuses a corrigir a si mesmo.
  • Aquele louvar devemos cujo pão comemos.
  • Aquele lugar da terra me sorri mais que todos os outros.
  • Aquele não faz pouco, que deita seu mal a outro.
  • Aquele perde renda, que não tem venda.
  • Aquele preguiçoso mas agradável nada fazer, nada ser.
  • Aquele que abre a cova cairá nela, e aquele que volveu a pedra, ela cairá sobre ele.
  • Aquele que agradasse a todos, morreu antes de nascer.
  • Aquele que ama a iniqüidade, aborrece a sua alma.
  • Aquele que ama a quem o odeia é, na minha opinião, duas vezes tolo: traz para si um sofrimento inútil e um aborrecimento para o outro.
  • Aquele que ama o próximo, tem cumprido com a lei.
  • Aquele que ama o seu filho, castiga-o com freqüênia, para que se alegre com isso mais tarde.
  • Aquele que ama os banquetes viverá na indigência.
  • Aquele que ama voa, corre e salta de alegria; é livre, e nada o detém.
  • Aquele que andas buscando como fará mal, será dele oprimido.
    Provérbios 11, 27
  • Aquele que aprende a ler no rosto dos homens, raras vezes se engana.
  • Aquele que aprende, ensina.
  • Aquele que come sozinho morre sozinho.
  • Aquele que conta dez amigos, não tem um.
  • Aquele que debaixo da árvore se colhe, arrisca-se a que duas vezes se molhe.
  • Aquele que descer aos infernos, não subirá.
  • Aquele que descobre os segredos do amigo, perde o crédito.
  • Aquele que despreza a sua vida, é senhor da nossa.
  • Aquele que despreza o moinho despreza a farinha.
  • Aquele que despreza o pobre que pede, cairá em penúria.
  • Aquele que despreza o seu próximo, peca.
  • Aquele que empresta, suas barbas meça.
  • Aquele que encontra um amigo encontra um tesouro.
  • Aquele que envia as suas palavras por intervenção de um mensageiro insensato, fica manco dos pés, e bebendo a iniqüidade.
  • Aquele que faz mal para outros, faz isto para ele mesmo.
  • Aquele que gosta de ser adulado é cúmplice do adulador.
  • Aquele que guarda a sua boca, guarda a sua alma.
  • Aquele que guarda sua boca e sua língua, guarda sua alma de grandes apertos.
  • Aquele que impõe silêncio a um insensato, apazígua as contendas.
  • Aquele que más manhas há, tarde ou nunca as perderá.
  • Aquele que matar à espada, à espada deve ser morto.
  • Aquele que matou um homem, se não o fez com a intenção de matar, pode ser absolvido.
  • Aquele que medita discórdias ama as rixas.
  • Aquele que mima seu servo desde a infância, depois o sentirá arrogante.
  • Aquele que muito viveu, sabe menos que o que muito viu.
  • Aquele que na vida nada vê de mais agradável que a vida, não pode levar uma vida virtuosa.
  • Aquele que não admira nada, não oferece nada a admirar.
  • Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.
  • Aquele que não evita o vício, fará dele seu suplício.
  • Aquele que não puderes conter pelo bem contém pelo mal.
  • Aquele que não sabe dançar irá dizer: A batida dos tambores estão ruins.
  • Aquele que não tem espada é humilhado.
  • Aquele que não tem pão, não sustenta cão.
  • Aquele que não vê lei, deve estar fora da grei.
  • Aquele que ousar mentir a seu pai ou costuma enganá-lo, com mais forte razão ousará mentir e enganar aos estranhos.
  • Aquele que peca na presença de quem o criou virá a cair nas mãos do médico.
  • Aquele que pensa mal faz pecado mas adivinha.
  • Aquele que procura um amigo sem defeitos termina sem amigos.
  • Aquele que profere a palavra a seu tempo é como pomos de ouro em bandejas de prata.
  • Aquele que reina sobre si mesmo, exerce um grande poder, e tem um grande império.
  • Aquele que se acostuma a contrair dívidas, anda com a mentira à garupa.
  • Aquele que se aproveita do crime, o comete.
  • Aquele que se dá pressa a se enriquecer, não será inocente.
  • Aquele que se espera nascer, é tido como existente, quando se trata de seu direito.
  • Aquele que se exaltar, será humilhado, e o que se humilhar, será exaltado.
  • Aquele que se faz responsável por um estranho cairá na desventura.
  • Aquele que seduz os justos a um mau caminho, cairá no fosso que ele mesmo abriu.
  • Aquele que tem sua própria mãe nunca chora.
  • Àquele que tem, lhe será dado, e ao que não tem, ainda aquilo mesmo que entende ter lhe será tirado.
  • Aquele que traz, é sempre bem-vindo.
  • Aquele que vai atrás da avareza perturba a sua casa.
  • Aquele que vende a honra, recebe a infâmia.
  • Aquele te deu, o outro te dará; mal haja quem do seu não há.
  • Aquele tempo passou.
  • Aquele vai mais são, que anda pelo chão.
    var] Aquele vai mui são, que anda pelo chão.
  • Aquele, pois, que sabe fazer o bem, e não o faz, peca.
  • Aqueles a quem a sorte favorável muito protegeu, esses ela mais abate quando se torna adversa.
  • Aqueles que dominam seu coração, serão considerados sempre mais virtuosos que aqueles a quem o coração domina.
  • Aqueles que escrevem como falam, ainda que falem bem, escrevem mal.
  • Aqueles que sabem muito, admiram pouco; os que sabem pouco, admiram muito.
  • Aqueles que semeiam em lágrimas, colherão em alegria.
  • Aqueles que tinham alguma vergonha estão mortos.
  • Aqueles que, afligidos de grave doença, não sentem dores, estão doentes da mente.
  • Aqueles são loquazes, estes vorazes.
  • Aqueles são ricos que têm amigos.
  • Aqueles são ricos, que têm amigos.
  • Aquell que renta el cap al burro perd temps i sabó.
  • Aquella ave es mala que en su nido se ensucia.
  • Aquella ave es mala, que (en) su nido caga.
  • Aquella ave he má, que em seu ninho suja.
  • Aquella es bien casada, que ni/no tiene suegra ni cuñada.
  • Aquella gallina no es buena, que come en su casa y pone en la ajena.
  • Aquella he bem casada, que naõ tem sogra, nem cunhada.
  • Aquella sal madrileña vale más que el mundo entero, cuando canta una rondeña haciendo hablar al pandero.
  • Aquelle he teu amigo, que te tira do arroido.
  • Aquelles saõ ricos, que tem amigos.
  • Aquello era un dos de mayo.
  • Aquello que más cuesta se estima en más.
  • Aquello que no se realiza por voluntad propia, se tendra que ejecutar por obligacion imperante y oficiosa
  • Aquello que sale del corazón, lleva el matiz y el calor de su lugar de origen.
  • Aquellos polvos traen estos lodos.
  • Aquellos que llegan antes al río, encuentran el agua más limpia.
  • Aquellos que son compasivos hacia los crueles, terminan siendo crueles hacia los compasivos.
  • Aquellos son ricos que tienen amigos.
  • Aquém do solicitado.
  • Aquém ou além, veja eu sempre com quem.
  • Aquém-Apeninos.
  • Aquenta o que está frio, dobra o que está teso.
  • Aquentar a água para outro tomar mate.
  • Aquentar água para o mate dos outros.
  • Aquesta au anuncia l'arribada del fred.
  • Aquesta coa no és d'aquest vedell.
  • Aqueste tu apetito baja, que con vejez o muerte, todo pasa.
  • Aqui a água pega.
  • Aqui a feroz indignação não mais pode dilacerar meu coração.
  • Aqui a porca torce o rabo.
  • Aqui a vida corre às mil maravilhas.
  • Aqui acaba o mundo.
  • Aqui anda mouro na costa.
  • Aqui anda/aqui há gato.
  • Aqui anda/há/tem coisa.
  • Aqui assenta bem o rifão.
  • Aquí caerá sansón y cuantos con él son.
  • Aquí de Dios.
  • Aqui e agora.
  • Aqui e ali.
  • Aqui e em toda parte.
  • Aqui e em todo lugar do mundo.
  • Aqui é eterna primavera.
  • Aqui é nossa casa, esta é nossa terra.
  • Aqui é que a porca torce o rabo.
  • Aqui é que a roda pega.
  • Aqui é que está a lebre.
  • Aqui é que está o busílis.
  • Aqui é Rodes; dá o salto!
  • Aquí el más tonto hace relojes.
  • Aquí el que no corre vuela.
  • Aquí en la tierra paz y gloria en la vida eterna.
  • Aqui en Madrid, desnudan a un santo para otro vestir.
  • Aqui está a chave do fogo.
    var] Aqui está a chave do jogo.
  • Aqui está a conta dos ovos.
  • Aqui está a dificuldade.
  • Aqui está o busílis.
  • Aquí está Roque (16. 8.), que todo lo coge.
  • Aquí estamos, en el banco de la paciencia.
  • Aqui ficaremos muito bem.
  • Aquí fue troya.
  • Aqui há dente de coelho.
  • Aqui há gato escondido com o rabo de fora.
    var] Aqui há gato escondido.
  • Aqui há gato.
  • Aqui há leões.
  • Aqui haveis de mostrar vossa habilidade.
  • Aquí hay de todo, como en botica.
  • Aquí hay fuego para tan poca ropa.
  • Aquí hay gato encerrado.
  • Aquí hay mucho cacique y poco indio.
  • Aqui jaz N, cujas virtudes calo, por não dilatar-me.
  • Aqui jaz Pedro, contra sua vontade.
  • Aqui jaz pó, cinza, nada.
  • Aqui jaz sepulto.
  • Aqui jaz.
  • Aquí jodido, pero usted no tiene la culpa.
  • Aqui lo unico que importa es el dinero constante y sonante.
    var] Aquí lo único que importa es el dinero contante y sonante.
  • Aqui morirá Sancha la Bermeja, o por Bañares quedará la dehesa.
  • Aquí morirá sansón con todos los filisteos.
  • Aquí morirá sansón y cuantos con él son.
  • Aqui mortos ensinam aos vivos.
  • Aqui não é Tróia.
  • Aquí no hay más cera que la que arde.
  • Aquí no más mis chicharrones truenan.
  • Aquí no termina el mundo.
  • Aquí nomás mis chicharrones truenan.
  • Aqui nós devemos vencer ou morrer.
  • Aqui nós nos preocupamos tanto com o frio de Bóreas, quanto o lobo com o número.
  • Aqui o degas popular, jocoso.
  • Aqui o vento nem permite ao barco fundear, nem navegar.
  • Aqui o vento nem permite fundear, nem navegar.
  • Aqui os mortos vivem, aqui os mudos falam.
  • Aqui os mortos vivem, aqui os mudos revelam os oráculos.
  • Aqui para nós e para o padre que nos confessa.
  • Aqui para nós, que ninguém nos ouça.
  • Aquí paz y allá gloria.
  • Aquí paz y en el cielo gloria.
  • Aquí paz, y después gloria.
  • Aqui perambulam porcos assados.
  • Aquí perdí una aguja, aquí la hallaré.
  • Aquí quien manda, manda y come pan blanco.
  • Aqui se faz, aqui se paga.
  • Aqui se fia muito fino.
  • Aqui se pagam elas.
  • Aquí se prueba todo, como en las sastrerías.
  • Aqui se rematam as contas.
  • Aquí se rompió una taza (y) cada quien para su casa.
  • Aquí se tendió una jerga, y todos se van a la verga.
  • Aqui se vê o filho do homem.
  • Aqui sou estrangeiro, pois não sou entendido por ninguém.
  • Aquí te cojo (y) aquí te mato.
  • Aquí te espero comiendo huevos y caramelos.
  • Aquí te pillo, aquí te mato.
  • Aqui todos vivemos em ambiciosa pobreza.
  • Aqui torce a porca o rabo.
  • Aqui tu segas a seara alheia.
  • Aqui vos cabe vencer ou morrer.
  • Aquí y en madrid, desnudan a un santo para otro vestir.
  • Aquí yace Juan Español, que, estando bueno, quiso estar mejor.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone