DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • A lei não tem efeito retroativo.
  • A lei não toma conhecimento de uma fração de um dia.
  • A lei natural.
  • A lei nova ab-roga a antiga.
  • A lei nova não pode estender-se ao passado.
  • A lei nunca permite nada contrário à verdade.
  • A lei olha para frente, não para trás.
  • A lei ordena, ou autoriza, ou proíbe.
  • A lei pode mais que o contrato.
  • A lei porterior derroga a anterior.
  • A lei posterior ab-roga a anterior ou a derroga, se expressamente o declara ou se lhe é diretamente contrária, ou se reordena inteiramente toda a matéria da lei anterior.
  • A lei prefere admitir um prejuízo particular a um mal público.
  • A lei prescreve por escrito o que quer, ou ordenando, ou proibindo.
  • A lei pressupõe jurisdição.
  • A lei presume que o vizinho conhece os atos de seu vizinho.
  • A lei protege os cidadãos; os magistrados protegem a lei.
  • A lei protege os enganados, não os enganadores.
  • A lei protege os fortes.
  • A lei protege os grandes.
  • A lei pune a dissimulação.
  • A lei rejeita coisas supérfluas, contraditórias, incongruentes.
  • A lei se envergonha, quando os filhos castigam os pais.
  • A lei sempre dará um remédio.
  • A lei sempre detesta os contemporizadores.
  • A lei será: honesta, justa, possível, segundo a natureza, segundo os usos e costumes da pátria, adequada ao lugar e ao tempo, necessária, útil; também clara, para que não contenha nenhuma armadilha por obscuridade; escrita não para vantagem pessoal, mas para utilidade comum dos cidadãos.
  • A lei só obriga aos subordinados no foro da consciência, se é justa.
  • A lei só obriga depois de promulgada.
  • A lei trata do futuro; o juiz, do passado.
  • A lei vê o irado, o irado não vê a lei.
  • A lei vê o irado; o irado não vê a lei.
  • A lei verdadeira é a expressão racional reta, conforme à natureza, imutável, eterna.
  • A lei vincula todos os mortais.
  • A lei, lei é.
  • A lei, por mais dura que seja, deve ser respeitada.
  • A lei, se quisesse outra coisa, o expressaria.
  • A Leicestershire plover.
  • A leit a brinkel huch ei dr Gewerbstoier.
    Oberlausitz
    i] Er liegt ein wenig hoch in der Gewerbesteuer.
    Wird von jemandem gesagt, der dem Branntweingenuss sehr ergeben ist.
  • A leite de pato.
  • A leitura alimenta a inteligência.
  • A leitura é útil, quando fazemos aquilo que lemos.
  • A leitura encanta os felizes e consola os desgraçados.
  • A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer.
  • A leitura nutre a inteligência.
  • A leitura repetida dará prazer.
  • A lembrança da indignação provoca uma ira breve.
  • A lembrança da pátria é doce.
  • A lembrança da posteridade recompensa a brevidade da vida.
  • A lembrança de um dia bem vivido é por si um prêmio bastante grande.
  • A lembrança do hóspede que fica um só dia.
  • A lembrança dos benefícios é fragil, a das injustiças é duradoura.
  • A lembrança dos benefícios é frágil; a das injúrias é duradoura.
  • A lenguas vías, luengas mentiras.
  • A lenha quanto mais seca, mais arde.
  • A lenha sustenta o lume.
  • A lenha torta dá fogo direito.
  • A Lentein, le bois est proche de la maison, mais il le faut charrier.
  • A leopard can't change its spots.
  • A leopard cannot change its spots.
    Phrase
  • A leopard does not change its spots.
  • A leopard doesn't change its spots.
  • A les petites.
  • A lesso e arosto, tutto, và nel sacco.
  • A lestendart, tard va le couard.
  • A Letjen san eg kimmen am a gratten uun a Eers to kreppen.
    Amrum
    i] Die Kleinen sind nicht gekommen, um den Großen in den Arsch zu kriechen.
  • A letra com sangue entra.
  • A letra de médico, ojo de boticario.
  • A letra entra com sangue.
  • A letra escrita permanece, mas a palavra vazia se perde.
  • A letra mata, mas o espírito vivifica.
  • A letra mata, o espírito vivifica.
  • A letra mata; o espírito, no entanto, vivifica.
  • A letra prescreve quando o velhaco assina.
  • A letra prescreve, desde que o velhaco assina.
  • À letra.
  • A letra/ao pé da letra.
  • A lett kän Taubendreck unb'rest'elt.
    Österreich-Schlesien
    Er hat an allem etwas auszusetzen, er bekrittelt alles.
  • A letter does not blush.
    la] Epistula non erubescit.
    Cicero, Epistulae ad familiares
  • A letter written after dinner, is read in hell.
  • A level.
  • A lewd bachelor makes a jealous husband.
  • A leyb hot nit moyre far keyn flig.
  • A lezina ùn pò stà drint'à u saccu. (v. difficultà)
  • A li macelli ce va' più li vo' che li vitelli.
    var] Ai macelli van più buoi che vitelli.
  • A li matti e a li frichi, non se deve promette gnie'.
    var] Ai pazzi ed ai fanciulli, non si deve prometter nulla
  • A li volti chiddha erva chì non voi ti nescia all'ortu.
  • A lia is fugetful.
  • A liar is not believed when he speaks the truth.
  • A liar is sooner caught than a cripple.
  • A liar must have a good memory.
  • A liar not believed even when he speaks the truth.
  • A liar ought to have a good memory.
  • A liar should (o. ought to) have a good memory.
  • A liar should be a man of good memory.
  • A liberalidade faz os príncipes amados.
  • A liberdade anima os corações dos homens valorosos.
  • A liberdade da palavra.
  • A liberdade da pátria deve ser colocada à frente da vida do amigo.
  • A liberdade da pátria vale mais do que a vida.
  • A liberdade de decisão.
  • A liberdade de escolha.
  • A liberdade de falar.
  • A liberdade de imprensa é a respiração do corpo social.
  • A liberdade de imprensa.
  • A liberdade de insultar.
  • A liberdade de mentir.
  • A liberdade do povo.
  • A liberdade dos poetas.
  • A liberdade é a imunidade à servidão e à sujeição.
  • A liberdade é a melhor das coisas.
  • A liberdade é coisa inestimável.
  • A liberdade é necessária.
  • A liberdade é o alimento do espírito e o verdadeiro prazer.
  • A liberdade é preferível às riquezas.
  • A liberdade está no trabalho.
  • A liberdade foi dada pela natureza mesmo aos animais mudos.
  • A liberdade não está no querer, mas no fazer o que queremos.
  • A liberdade não pode ser paga com dinheiro.
  • A liberdade não tem preço.
  • A liberdade se conquista.
  • A liberdade vale mais do que o fulvo ouro.
  • A liberdade vale mais do que o ouro.
  • A liberdade vale ouro.
  • A liberdade, a segurança, a vida, os bens, os pais, a pátria e filhos devem ser protegidos e respeitados.
  • A liberdade, que, embora tarde, voltou os olhos para este tímido.
  • A libertação que está próxima dá forças ao velho.
  • A lição do futuro existe na contemplação do passado.
  • A licença poética.
  • A lick and (a) promise.
  • A lickerish tongue is the purse's canker.
  • A lie begets a lie till they come to generations.
  • A lie begets a lie.
    A lie is a lie,
    Whatever name you call it by.
  • A lie can be halfway around the world before the truth gets its boots on.
  • A lie gets halfway around the world before the truth has a chance to get its pants on.
    Sir Winston Churchill (1874-1965)
  • A lie has no (o. short) legs.
  • A lie has no legs, but a scandal has wings.
  • A lie never lives to be old.
  • A lie travels round the world while truth is putting her boots on.
  • A lie travels round the world while truth is putting on her boots.
  • A lie will always spawn a bigger lie.
  • A lie will go round the world while truth is pulling its boots on.
  • A lie with a latchet.
  • A liebre ida, palos al cubil.
  • A lier is not believed, when he speaks the truth.
  • A life of leisure and a life of laziness are two things.
  • A life spent making mistakes is not only more honorable but more useful than a life spent doing nothing.
    George Bernard Shaw
  • A life with love will have some thorns, but a life without love will have no roses..
  • A ligeira.
  • A light belly, heavy heart.
  • A light burden far heavy.
  • A light Christmas, a heavy sheaf.
  • A light hand makes a heavy wound.
  • A light heart lives long.
  • A light purse is a heavy curse.
  • A light purse makes a heavy heart.
  • A light-heeled mother makes a heavy-heeled daughter.
  • A light-skirts.
  • A lightening before death.
  • A lima lima a lima.
  • A limine.
    de] Von der Schwelle; von vornherein; ohne Prüfung.
  • A limpeza Deus amou; mais amou quem a guardou.
  • A Lincolnshire pudding.
  • A linea incipere.
    de] Vom ersten Anfang an beginnen, von Grund auf lernen.
  • A linea.
    de] Von dem Einschnitt an (der einen Absatz im Text markiert).
  • A língua andarilha vai onde dói o dente.
  • A língua bate onde dói o dente.
  • A língua branda quebrantará a dureza.
  • A língua contamina todo o corpo.
  • A língua contém em si tanto mel como veneno.
  • A língua da gente é correia da pele.
  • A língua das mulheres é a sua espada.
  • A língua das mulheres não cala, nem mesmo depois de cortada.
  • A língua dele é preguiçosa, mas a mão é corajosa e ativa.
  • A lingua di u mutu hè megliu chè quella di u buciardu.
  • A língua do condenado tem voz, mas não tem força.
  • A língua do difamador até o coração perfura.
  • A língua do difamador é pior que o fel do dragão.
  • A língua do difamador é uma víbora.
  • A língua do maldizente e a orelha do que o ouve, são irmãs.
    var] A língua do maldizente e o ouvido do que ouve são irmãos.
  • A língua do mudo é melhor do que a lingua do que fala mentira.
  • A língua do povo é sagrada.
  • A língua do praguento é pincel do demônio.
  • A língua dum praguento é pincel do demônio.
  • A língua é a melhor e a pior das coisas.
  • A língua é a pior parte do mau servo.
  • A língua é o guia dos pés.
  • A língua é um fogo.
  • A língua é um pequeno membro, mas se gloria de grandes coisas.
  • A língua enganosa não ama a verdade.
  • A língua está untada de mel, o coração, de vinagre.
  • A língua fala à custa da cabeça.
  • A língua faz mal rapidamente, e o mal raramente recua.
  • A língua fere, a língua cura, mas, às vezes, fere e não pode curar.
  • A língua foi sua perdição.
  • A língua latina não é indigente.
  • A língua longa é/he sinal de mão curta.
  • A lingua longa he sinal de maõ curta.
  • A língua maligna é a pior parte do servo.
  • A língua malvada corta mais que a espada.
  • A língua mentirosa não gosta da verdade, e a boca lúbrica é a causa da ruína.
  • A língua não é de aço, mas corta.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone