DICTUM

Sprichwort, adage, proverb, saw, saying, byword, proverbe, proverbio, refrán, frase proverbial, ditado, provérbio, przysłowie, Redensart, colloqualism, idiom, expression, phrase, tournure, poncif, dicton, expresión, frase hecha, locución, frase fatta, modo di dire, expressão idiomática, powiedzenie, powiedzonko, Zitat, quotation, citation, excerpt, quote, cita, citazione, detto, sentenza, passo, citação, Sentenz, sententia, proverbium, adagio, adagium, locutio, dictum, Spruch, carmen, elogium, pronuntatio, Redensart, phrase, collocation, locution

  • A nul ne peut être ami qui de soi-même est ennemi.
  • A nul ne peut être vrai ami qui a soy-mesme est ennemi.
  • A nulla serve correre, bisogna partire per tempo.
    fr] Rien ne sert de courir, il faut partir à point.
  • A nulla serve piangere sul latte versato.
    fr] Il ne sert à rien de pleurer sur le lait répandu.
  • A nullo diligitur qui neminem diligit.
  • A nullo luogo viene, chi ogni via che vede tiene.
  • A number of things or people.
  • A numine salus.
  • A Nus wie a Sarke.Jüdisch-deutsch
    i] Eine sehr krumme, gebogene Nase, welche die Form des hebräischen Accentes Sarka (~) hat
  • A nutricibus.
  • A nuvem passa, e a chuva fica.
  • A nyavalyák lóháton nyargalnak hozzánk, de tölünk gyalog is alig mennek el.
  • A Oachkatzl des mechat i ned sei, do missat i den ganzen Tag beim Loch aus und ei.
  • A obediência abranda duros corações.
  • A obediência é mãe das virtudes.
  • A obra demonstra quem é o autor.
  • A obra pagada, braços quebrados.
  • A obra recomenda o operário.
  • A obrigação antes do prazer.
  • A obrigação de coisas impossíveis é nula.
  • A obrigação de dar.
  • A obrigação de fazer.
  • A obrigação de provar sempre cabe ao autor da ação.
  • A obrigação é a mãe do processo.
  • A obrigação é contraída por escrito.
  • A obrigação é o vínculo de direito por imposição do qual somos obrigados a dar, fazer ou pagar alguma coisa.
  • A obrigação é o vínculo de direito por imposição do qual somos obrigados a pagar alguma coisa, de acordo com as leis de nosso país.
  • A obrigação é tua.
  • A observação da castidade é dever primordial para as mulheres virtuosas e nobres.
  • A observância das leis é a suprema liberdade.
  • A obstinada vontade de pecar é sinal de endurecimento do coração.
  • A obstiné, obstiné et demi.
  • A ocasião deve ser imediatamente agarrada pela frente, pois a frente é cabeluda, por trás a ocasião é calva.
  • A ocasião dificilmente se oferece, facilmente se perde.
  • A ocasião do delito.
  • A ocasião é cabeluda pela frente, mas por trás é calva.
  • A ocasião e o lugar nos darão conselho.
  • A ocasião é o momento oportuno resultante do acaso.
  • A ocasião é o momento que tem em si a oportunidade certa para fazer ou não fazer alguma coisa.
  • A ocasião faz o furto; o ladrão nasce feito.
  • A ocasião faz o homem, como o choco faz o pinto.
  • A ocasião faz o ladrão.
  • A ocasião faz o roubo; o ladrão nasce feito.
  • A ocasião muitas vezes dobra até o homem honrado.
  • A ocasião prevalece em todas as coisas humanas, principalmente na guerra.
  • A ocasião que tem cabelos na testa, é calva na nuca.
  • A ocasião sugere a maldade.
  • A ocasião, cabeluda na testa, tem muito poder.
  • A ociosidade até no ferro cria ferrugem.
  • A ociosidade destrói as forças.
  • A ociosidade é (a) mãe de todos os vícios.
  • A ociosidade é a ferrugem da alma.
  • A ociosidade é a mãe de todos os vícios.
  • A ociosidade é madrasta das virtudes.
  • A ociosidade é mãe das más ocasiões.
  • A ociosidade é mestra de toda malícia.
  • A ociosidade é semelhante à ferrugem: consome muito mais do que o uso e o trabalho.
  • A ociosidade sempre dispersa o espírito.
  • A oculos.
    Cicero (106-43 v. Chr.), Partitiones oratoriae
    Etwas so deutlich erklären, dass man es gleichsam lebendig vor Augen hat (ad oclus demonstrieren).
  • A oeil qui ne veut pas voir,
    Flambeau ni lunettes ne servent.
  • A oficina dos povos.
  • A ogna ccèlle, lu nide se' pare bbelle.
  • A ogne auciello pare sempre cchiù bello 'o nido sujo.
    var] A ogne auciello pare sempre cchiù belloo nido sujo.
  • A ogni cioetta je piace lo figlio suo.
    var] Ad ogni civetta piace il suo figlio.
  • A ogni cosa è rimedio, fuor ch'alla morte.
  • A ogni giorno basta il suo affanno.
    fr] A chaque jour suffit sa peine.
  • A ogni grolla paion belli i suoi grollatini.
  • A ogni impresa.
  • A ogni male è necessario un medico: il tempo.
  • A ogni modo riesce, che gratta, dove pizzica.
  • A ogni osel el so nif ghe sa bel.
  • A ogni passo nasce un pensiero.
  • A ogni Sant se ghe 'mpiza (o. ghempiza) la so candela.
  • A ogni santo la sua candela.
  • A ogni santo la sua festa.
  • A ogni singolo filo d'erba è destinata almeno una goccia di rugiada.
  • A ogni triste zappatore, ogni zappa gli è priore.
  • A ogni uccello suo nido è bello.
  • A ogni uccello, il suo nido è bello.
  • A ognidun ghe va el suo e al diavolo gnente.
  • A ognon al so mistir, e i cuntadén a méder.
  • A ognun piace il comandare.
  • A ognuno il suo mestiere.
  • A ognuno la natura ha dato un vizio.
  • A ojo de buen cubero, pocas veces es certero.
  • A ojo de buen cubero.
  • A ojo y a dedo, cualquiera alambra un potrero.
  • A ojos cerrados.
  • A ojos vistas.
  • A OK.
  • A old as Methuselah.
  • A olhar para o boneco.
  • A olho armado formal.
  • A olho desarmado/a olho nu formal.
  • A olho.
  • A olhos cegos, qualquer lume parece claridade do sol.
  • A olhos vistos.
  • A olla que hierve, ninguna mosca se atreve.
  • A olvidar el pasado infeliz.
  • A Omessa, u sole ci s'arrizza duie volte.
  • A once-over.
  • A onda do amor é sempre mais favorável aos namorados ausentes.
  • A one-night stand.
  • A one-track mind.
  • A opinião do mestre é apenas provável.
  • A opinião dos velhos é a melhor.
  • A opinião generalizada dos doutos.
  • A opinião pública é um mensageiro veloz, mas um guia pouco seguro.
  • A opinião pública gosta de misturar mentiras com verdades.
  • A opinião pública, faladora, gosta de juntar o falso ao verdadeiro.
  • A opinião se submete à verdade.
  • A oportunidade da lei.
  • A oportunidade faz o ladrão.
  • A oportunidade não poderia chegar mais oportunamente.
  • A oportunidade passa rápida.
  • A oração breve depressa chega ao céu.
  • A oração breve penetra no céu.
  • A oração breve penetra nos céus, a bebedeira longa esvazia os copos.
  • A oração que o cão reza não penetra no céu.
  • A ordem é rica, e os frades são poucos.
  • A órfã não goza nem o dia de sua boda.
  • A orgoglio, non manca cordoglio.
  • A orgueil, ne manque cordueil.
  • A orgulhosa Roma se arruína por causa de sua própria prosperidade.
  • A origem de nossa raça remonta a Júpiter.
  • A orla é pior que o pano.
  • A Orléans la broche est rompue et la femme a emporté la clef.
  • A orloi, milin e spose j mancje simpri qualche cjosse.
  • A Ortignano, chi non è birro non è cristiano.
  • A osadas, que quien lo dijo no mintió.
  • A oscuras nadie ve y dormido quien siente.
  • A öss a heller Jong'.
    Es ist ein heller Junge.
    i] Er fängt zeitig an. Die Redensart wird aber auch angewandt, wenn man in die Kräfte jemandes Misstrauen setzt.
  • A öss a Mordsmann.
    Gegend von Böhmisch-Friedland
  • A öss a rechter Davidl.
    i] Von einem Menschen kleinen Wuchses.
  • A öss a Schosenmacher.
    Bärnsdorf bei Böhmisch-Friedland
    i] Ein unterhaltender, gemütlicher Gesellschafter, der alle Taschen voll launiger Einfälle und Späße hat, lustiger Anekdoten voll ist.
  • A öss a Schuslich.
    Böhmisch-Friedland
    i] Von schuseln, etwas oberflächlich, leicht hinmachen, also ein unüberlegter, leichtsinniger Mensch, Faselhans.
  • A öss a Vîechskerl.
    i] In dem Sinne wie Mordskerl, Mordsmann.
  • A öss a Weinbeisser.
    Böhmisch-Friedland
    i] Er versteht sich aufs regelrechte Weintrinken.
  • A öss ondern Schlitten g'kumm.
    Gegend von Böhmisch-Friedland
    i] Er ist in seinem Geschäft u.s.w. herabgekommen.
  • A otra cosa, mariposa, y no compliques más las cosas.
    var] A otra cosa mariposa.
  • A otra puerta, que ésta no se abre.
  • A otro bobo con ese cuento.
    var] A otro burro con esa albarda.
    var] A otro perro con ese hueso.
  • Á otro perro con ese hueso.
  • A otro perro más 'hambriao', con ese hueso 'pelao'.
  • A otro viento, otro tiento.
  • A ottobre il mosto è nelle botti.
  • A ousadia há de ser o princípio da obra.
  • A ousadia sem deliberação as mais das vezes gera arrependimento.
  • A outra parte do dia é para o descanso, mas esta é para o trabalho.
  • A outra porta, que esta não se abre.
  • A outra vida.
  • A outrance.
  • A outrem desculpa sempre, a ti, nunca.
  • A outro cão com esse (o. outro) osso.
  • A outro cão com esse osso.
  • A outro perro com esse osso.
  • A outro perro com esse osso.
    var] A outro perro com tais rojões.
  • A outro perro com tais rojões.
  • A ovelha deve ser tosquiada, não raspada.
  • A ovelha lazarenta gosta de beber na nascente.
  • A ovelha louçã disse a cabra: dá-me a lã.
  • A ovelha pior do bando é a (primeira) que espirra.
  • A ovelha que é do lobo, Santo Antônio não a guarda.
  • A ovelha que não tem dono, come-a o lobo.
  • A paciência abranda a dor.
  • A paciência aprecia dificuldades.
  • A paciência converte em bens os males de quem a possui,.
  • A paciência depura o sangue e acalma o espírito.
  • A paciência é a chave da alegria, mas a pressa é a chave do arrependimento.
  • A paciência é a coragem da virtude.
  • A paciência é a domadora de todas as coisas.
  • A paciência é a mãe da boa vontade.
    var] A paciência é a mãe da honra.
  • A paciência é a maior das virtudes.
  • A paciência é amarga, mas o seu fruto, doce.
    var] A paciência é amarga, porém seu fruto é doce.
  • A paciência é amarga, mas seu fruto é doce.
  • A paciência é boa para a vista.
  • A paciência é muito necessária.
  • A paciência é o ornamento, a guarda e a proteção da vida.
  • A paciência é o porto das misérias.
  • A paciência é o refúgio dos sofrimentos.
  • A paciência é remédio para qualquer dor.
  • A paciência é remédio para todos os males.
  • A paciência é um tesouro oculto.
  • A paciência é uma virtude rara.
  • A paciência é ungüento para todas as chagas.
  • A paciência realiza a obra.
  • A paciência robustece e embeleza as demais virtudes, pois é vazia a virtude que a paciência não apóia.
  • A paciência tem limites.
  • A paciência traz em si um tesouro oculto.
  • A paciência vence todos os reveses dos homens.
  • A paciência vence tudo.
  • A paciência vence.
  • A pacienza hà/a portani i frati.
  • A pack of cards is the devil's prayer-book.
  • A Packl Fotzn is glei aufgrissn.
  • A packl Hausdetschn sand glei brockt.
  • A pactis privatorum publico iuri non derogatur.
  • A pader avar, fioeu desperaa.
  • A Padova i giudici danno la ragione ad ambe le parti.
  • A padre ahorrador, hijo gastador.
  • 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281

    B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • operone