Portugiesische Weisheiten 9


Assim se faz do escudeiro rapaz.

Assim tal barba, tal toalha.

Assoviar e chupar cana.

Ata o burro onde te manda o dono.

Atar e pr ao fumeiro, como o chourio da preta.

At a consumao dos sculos.

At a coruja acha os filhos bonitos.

At a formiga quer companhia.

At a morte, p forte.

At a ressurreio dos capuchos.

At a morreu o Neves, afogado em cuspe.

At a morreu o Neves, enforcado num p de couve.

At a morreu o Neves.

At a, santo Agostinho.

At ao dar da mo h arrependo.

At ao lavar dos cestos vindima.

At ao S. Joo sempre de gabo.

At ao S. Joo, sezo.

At aos quarenta bem eu passo; dos quarenta em diante, ai a minha perna, ai o meu brao.

At aos vinte, evita a mulher; depois dos quarenta, foge dela.

At as pedras se encontram, quanto mais as criaturas.

At as pedras se encontram.

At as rs mordiam, se tivessem dentes.

At com a desgraa a gente se acostuma.

At esperar, no tarde.

At marimbondo tem casa.

At morrer, fazer bem e deixar dizer.

At nas flores se encontra a diferena da sorte: umas enfeitam a vida, outras enfeitam a morte.

At o asno no tropea duas vezes na mesma pedra.

At o cabelo sutil faz sua sombra.

At o dia do juzo.

At o diabo, quando era moo, era bonito.

At os cisnes se tisnam.

At os gatos querem fazer sapatos.

At os quarenta bem eu passo, dos quarenta em diante, ai minha perna, ai meu brao.

At os sbios se enganam.

At os vinte evita a mulher, depois dos quarenta foge dela.

At prometer, s escasso.

At que acabe, ningum se gabe.

At que se acabe, ningum se gabe.

At um cabelo faz sombra.

At um cego v isso.

At ver, no tarde.

Atenta bem o que fazes, no te fies em rapazes.

Atira o barro parede at que ele pegue.

Atira po para trs de ti, que adiante o encontrars.

Atirar a pedra e esconder a mo.

Atirar com o hbito s ervas.

Atirar pedras no prprio telhado.

Atirar poeira nos olhos de algum.

Atirou no que viu e acertou no que no viu.

Atirou no que viu e matou o que no viu.

Atos falam mais alto do que palavras.

Atos, no palavras.

Atrs da cruz est o diabo.

Atrs da cruz se esconde o diabo.

Atrs de apedrejado, correm as pedras.

Atrs de apedrejado, pedras chovem.

Atrs de mentira, mentira vem.

Atras de mim vira quem bom de mim far.

Atrs de mim vir quem bom me far.

Atrs de mim vir quem de mim bom far.

Atrs de morro, tem morro.

Atrs de queda, coice.

Atrs de quem pediu, nunca ningum correu.

Atrs de tempo, tempo vem.

Atrs de trabalho, vem dinheiro com descanso.

Atrs de um dia vem outro.

Atrs de um grande homem h sempre uma grande mulher.

Atrs de um nibus vem outro.

Atrs de uma falta, vem outra.

Atrs do apedrejado, correm as pedras.

Atrs do apedrejado, pedras chovem.

Atrs do beijo vem o desejo.

Atrs do beijo. vem o desejo.

Atrs do consentimento, anda perto o arrependimento.

Atrs do cururu peado todo bicho corredor.

Atrs do mel correm as abelhas.

Atrs do perdido ninguem vai.

Atrs do pobre anda um bicho, e esse bicho o co.

Atrs do pobre anda um bicho, e esse bicho o diabo.

Atrs do pobre anda um bicho.

Atrs dos apedrejados correm as pedras.

Atrs dos grandes ganhadores vm os grandes gastadores.

Atrs duma montanha est outra.

Atravessa o rio, antes de injuriar o crocodilo.

Atravessa o rio, antes de xingar o crocodilo.

Atravessar o rio de pepino na mo.

Atravessa-se o rio onde mais raso.

Audcia ter um passo para vencer.

Audaz, mas cauto.

Aurora ruiva: vento ou chuiva.

Ausncia aparta amor.

Ausncia de notcias, boas notcias.

Ausncias so atrevidas.

Avacha a ti, avacha a ti, no fica nada para mim.

Avarento e porco, s depois de morto.

Avarento rico nem tem parente, nem amigo.

Avareza madrasta de si mesma.

Avaro de fazenda, prdigo de honra.

Ave de casa mais come do que vale.

Ave escarmentada o lao receia.

Aves da mesma pena andam juntas.

Aves de rapina escolhem sempre o melhor.

Aves de rapina no querem companhia.

Avezou a velha os bredos, souberam-lhe bem, lambeu os dedos.

Avezou-se a abelha ao mel, comer-se quer.

Avezou-se a velha ao mel, comer-se quer.

Avicena e Galeno trazem a minha casa o alheio.

Avicena e Galeno trazem a minha casa o bem alheio.

Av rico, pai remediado, filho pobre.

Axa foi ao banho, teve que contar ano.

Axa no tem que comer, convida hspedes.

Azado o po para quem o h de comer.

Azado o po para quem o h-de comer.

Azado o pau para a colher.

Azfama, padeiras, que minha me quer um po.

Azar no jogo, sorte no amor.

Azeite de oliva todo o mal tira.

Azeite de riba, mel de fundo, vinho do meio.

Azeite de riba, mel do fundo, vinho do meio.

Azeite, dai-mo ceia e tirai-mo candeia.

Azeite, dai-mo ceia, e tirai-mo candeia.

Azeite, vinho e amigo, o mais antigo.

Azeite, vinho e amigo, prefere o mais antigo.

Azeitona com po alvo comida de fidalgo.

Azeitona e fortuna, muita ou nenhuma.

Azmola de pipa, e quarto s.

Bacalhau comer de negro e negro comer de ona.

Bcoro a meias no meu.

Bcoro de meias no meu.

Bcoro em celeiro no quer parceiro.

Bcoro fiado, bom inverno e mau vero.

Bafo de co, at com po.

Bafo de gato que nem chegue ao fato.

Bago a bago, enche a galinha o papo.

Baiano burro nasce morto.

Baiano burro nasceu morto.

Bailo bem, deitai-me do curro.

Bailo bem, deitas-me de corso.

Bailo bem, deitas-me de curso.

Bainha de ouro e faca de chumbo.

Baixos espritos nunca acreditam em grandes homens.

Bala no traz letreiro.

Baldo de senhor e de marido.

Banana com queijo sabe a beijo.

Banana madura no fica no cacho.

Banana madura no sustenta no cacho.

Baralho bicho que no tem quem amanse.

Barata sabida no atravessa galinheiro.

Baratar a honra por dinheiro.

Barato como um ovo por um real.

Baratos de jogos, nunca faltam percalos.

Barba barba, honra se cata.

Barba bem ensaboada est meio raspada.

Barba com dinheiro honra o cavaleiro.

Barba de mais de uma cor, barba de homem traidor.

Barba de trs cores, barba de traidores.

Barba no d juzo.

Barba no documento.

Barba remolhada, meia rapada.

Barbado como um leopardo.

Barbas parelhas no guardam ovelhas.

Barbeiro no paga a barbeiro.

Barbeiro novo aprende nas barbas do tolo.

Barbeiro novo, mdico velho.

Barbudo como um leopardo.

Barca parada no carrega frete.

Barca, jogo e caminho, do estranho fazem amigo.

Barco de muitos mestres d na costa.

Barco parado no faz viagem.

Barco parado no ganha frete.

Barco pequeno no sai da costa.

Barco perdido d costa.

Barcos em terra , tempestade no mar.

Barqueiro no paga a barqueiro.

Barra de rio, barra de ouro e barra de saia, no caia.

Barriga (Ventre).

Barriga cheia (quente), p dormente.

Barriga cheia no acredita em fome alheia.

Barriga cheia no fartura; pele de carneiro no gordura.

Barriga cheia no procura conhecimento.

Barriga cheia no procura letra.

Barriga cheia, cara alegre.

Barriga cheia, cara alegre. Barriga vazia no conhece alegria.

Barriga cheia, companhia desfeita.

Barriga cheia, feijo (goiaba) tem bicho.

Barriga cheia, feijo tem bicho.

Barriga cheia, goiaba amarga.

Barriga cheia, goiaba tem bicho.

Barriga cheia, goiabada tem mofo.

Barriga cheia, p dormente.

Barriga cheia, p na estrada.

Barriga cheia.. cara alegre.

Barriga de moo no tem osso.

Barriga farta, p dormente.

Barriga farta.. p dormente.

Barriga grande no d entendimento e pode dar sofrimento.

Barriga inchada no fartura.

Barriga lisa no h mister camisa.

Barriga que no leva dois jantares, facada nela.

Barriga quente, p dormente.

Barriga vazia no conhece alegria.

Barriga vazia no ouve ningum.

Barriga vazia no tem alegria.

Barriga vazia no tem orelha.

Barriga vazia no tem ouvidos.

Barro e cal encobrem muito mal.

Barro novo primeiro bebe que seu dono.

Basta arranhares um homem para encontrares um animal.

Basta estar vivo para morrer.

Basta mil vezes um dito para um desgosto infinito.

Basta um frade ruim para dar que falar a um convento.

Basta um pequeno rombo para fazer soobrar um navio.

Basta um tento para se perder um cento.

Basta uma ma podre para estragar toda a cestada.

Basta uma ovelha ranhosa para perder o rebanho.

Basta uma ovelha ranhosa para perder um rebanho.

Basta! olhe que j posso nadar sem bexigas.

Bastante equivale a uma festa.

Bastante sabe quem no sabe, se calar sabe.

Bastantes vezes se fazem por acaso as tolices mais felizes do mundo.

Batatas e filhas no se querem grelhadas.

Bate a lngua onde di o dente.

Bate no bom e ele melhora, bate no mau e ele piora.

Bate, mas ouve.

Batei, e vos abriro.

Batendo ferro que se fica ferreiro.

Batendo o ferro que se fica ferreiro.

Bater as botas.

Bater com o p na cova.

Bater na mesma tecla.

Bater papo no paga imposto.

Bate-se o ferro enquanto est quente.

Bateu-me e chorou, correu e queixou-se.

Ba de mulher velha cheio de bugiganga.

Bebe da gua de tua cisterna e das correntes de teu poo.

Beb que no ri ao fim do ms ou tolo ou o pai que o fez.

Bebe vinho branco de manh e tarde o tinto para teres sangue.

Bebe vinho, mas no bebas o siso.

Bebedice de gua nunca acaba.

Bebedice de gua nunca se acaba.

Bbedo como um frade.

Bbedo como um porco.

Beb-lo ou vert-lo.

Beber as palavras de algum.

Beber como uma esponja.

Beber para esquecer.

Beber sem comer cegar sem ver.

Beber vinho mata a fome.

Bebeu, jogou, furtou: beber, jogar, furtar.

Beija o homem a mo que quisera ver cortada.

Beijam-se os altares por causa dos santos.

Beijo de menina tem vitamina.

Beijo de mulher casada tem gosto de chumbo.

Beijos nas mos, risos nas barbas.

Beijo-te, bode, porque um dia hs de ser odre.

Beijo-te, bode, porque um dia sers odre.

Bela me e bela filha, disputas na famlia.

Bela, boa, rica e casta mulher de quatro andares.

Beleza e folia fazem boa companhia.

Beleza e formosura nem do po nem fartura.

Beleza e sabedoria fazem rara companhia.

Beleza no pe mesa.

Beleza no se mede pela idade.

Beleza no se pe mesa.

Beleza pode muito, mas dinheiro pode tudo.

Beleza sem bondade vinho avinagrado.

Beleza sem bondade no vale metade.

Beleza sem bondade no vale nada.

Beleza sem bondade, caldo entornado.

Beleza sem virtude rosa sem cheiro.

Beleza vale riqueza.

Bem ama quem no se esquece.

Bem ama quem nunca se esquece.

Bem baila a quem a fortuna faz o som.

Bem baila a quem a fortuna toca o som.

Bem canta Marta depois de farta.

Bem canta Marta, depois de farta.

Bem canta o francs, papo molhado.

Bem cego quem muito v por aro de peneira.

Bem cheira a ganncia, donde quer que vem.

Bem cheira o ganho, donde quer que venha.

Bem com bem, so dois bens.

Bem come o vilo se lhe do.

Bem come o vilo, se lho do.

Bem comeado meio acabado.

Bem comeado meio feito.

Bem comprar gentileza; mal comprar fraqueza.

Bem comprar gentileza; mal comprar no fraqueza.

Bem conhece o demo cujo frangalho rompe.

Bem conhece o gato as barbas que lambe.

Bem criado e mal fadado.

Bem dana a quem a fortuna canta.

Bem dana a quem a fortuna faz o som.

Bem de senhor no herdade.

Bem decide sobre a guerra, quem est longe dela.

Bem dissimular para bem governar.

Bem dizer e bem ouvir a arte de conversar.

Bem dizer faz rir, bem fazer faz calar.

Bem esperto o rato, mas mais o gato.

Bem est o que bem acaba.

Bem est quem est no cu.

Bem est S. Pedro em Roma, se ele tem que coma.

Bem est So Pedro em Roma, se ele tem que coma.

Bem est So Pedro em Roma.

Bem estamos de roupa, se no nos molharmos.

Bem estavas em teu ninho, passarinho pinto.

Bem estou com meu amigo que come seu po comigo.

Bem fala o so ao doente.

Bem falar pouco custa e muito vale.

Bem fazer nunca se perde.

Bem fazer nunca se perde; quem mal faz, por mal espere.

Bem fiei, pois meu filho criei.

Bem fizeste a cama, bem te deitars nela.

Bem folga o lobo com o coice da ovelha.

Bem haja o po que presta e a moa que o come.

Bem haja quem com os seus se parece.

Bem hajam meus bens que remedeiam meus males.

Bem hajas, Deus te ajude.

Bem jejua quem mal come.

Bem joga o da pla, mas perde a ela.

Bem mal ceia quem come da mo alheia.

Bem mal ceia quem come de mo alheia.

Bem mal ceia quem come por mo alheia.

Bem mal fars que andes e no comas.

Bem manda quem bem soube obedecer.

Bem nada quem est fora d'gua.

Bem no pensa quem no contrapensa.

Bem o prega Frei Toms; faamos o que ele diz e no o que ele faz.

Bem parece a guerra a quem est longe dela.

Bem parece a guerra a quem no vai nela.

Bem parece a minha comadre, se no fora o "Deus te salve".

Bem parece merenda alheia em casa cheia.

Bem parece o bem fazer.

Bem parece o dinheiro entre mim e o meu companheiro.

Bem parece o ladro na forca.

Bem parece o rego entre mim e o meu companheiro.

Bem passa de guloso o que come o que no tem.

Bem perdido conhecido.

Bem prega frei Toms; faam o que ele diz, mas no o que ele faz.

Bem querer no ofender.

Bem sabe a burra diante de quem zurra.

Bem sabe a rola em que mo pousa.

Bem sabe ele onde a bugia tem o rabo.

Bem sabe mandar quem bem soube obedecer.

Bem sabe mandar quem soube obedecer.

Bem sabe o asno em cuja casa ronca.

Bem sabe o asno em que casa relincha.

Bem sabe o bom bocado, se no custasse caro.

Bem sabe o demo que frangalho rompe.

Bem sabe o gato cujas barbas lambe.

Bem sabe o sbio que no sabe.

Bem se canta na s, mas quem .

Bem se lambe o gato, depois de farto.

Bem se lambe o gato.. depois de farto.

Bem se pode criar sem me.

Bem se v que h mouro na costa.

Bem se v que isso leva gua no bico.

Bem sei o que digo, quando po pido.

Bem te conheo, meu pau de laranjeira.

Bem te quero, bem te quero, mas no te dou meu dinheiro.

Bem toucada, no h mulher feia.

Bem venhas, mal, se vieres s.

Bem-aventurado o que se contenta com o que tem.

Bem-haja o po que presta (e a moa que o come).

Bem-haja o po que presta e a moa que o come.

Bem-vindo seja quem d.

Bens de sacristo cantando vm, cantando vo.

Bens de sacristo para o diabo vo.

Bens mal adquiridos no chegam a netos.

Bens mal adquiridos no se logram; vo-se como vieram.

Bens mal adquiridos vo como vieram.

Bens mal ganhos a ningum enriquecem.

Berimbau no gaita.

Besta de carga, cangalhas ao lombo.

Besta quem serve de escada para os outros subirem.

Bexigas e sarampelo, trs vezes vem a pelo.

Bezerra brava no mama nada.

Bezerrinha mansa em todas as vacas mama.

Bezerrinha mansa mama sua teta e a alheia.

Bezerro de pobre no chega a boi.

Bezerro enjeitado no cheira teta.

Bezerro manso mama na sua me e na dos outros.

Bezerro manso mama todas as vacas.

Bicho que mija para trs que bota o homem para diante.

Bicho ruim no morre.

Bigode comprido no trabuco.

Bilha de leite por bilha de azeite.

Biscainho, pelo sim, sim, pelo no, no.

Biscoito de freira, fanga de trigo.

Biscoito de freira..fanga de trigo.

Bitola, moderna para homens e antiga para burros.

Boa amizade, segundo parentesco.

Boa aparncia carta de apresentao.

Boa rvore no d ruim fruto.

Boa asa voa com o vento.

Boa asa voa com todo tempo.

Boa cabea d fraca sentena.

Boa caixa d'culos fulano.

Boa capela, m capela, trs voltas roda dela.

Boa cara m fortuna.

Boa cara e m bofe.

Boa cara, bom barrete e boas palavras custam pouco e valem muito.

Boa casa, boa brasa.

Boa ceia ante tempo se enxerga.

Boa conta, m conta, tudo conta.

Boa demanda, m demanda, escrivo pela nossa banda.

Boa demanda, m demanda, escrivo por minha banda.

Boa diligncia, me de boa ventura.

Boa a cozinha onde h carne.

Boa a cozinha quando h carne.

Boa a fazenda, quando no sobe cabea.

Boa a galinha que o outro cria.

Boa a galinha que outrem cria.

Boa a neve que a seu tempo vem.

Boa a neve que em seu tempo vem.

Boa a tardana que assegura.

Boa a truta, bom o salmo, bom o svel quando da sazo.

Boa fama granjeia quem no diz mal da vida alheia.

Boa fama granjeia quem no diz mal da vida alheia.

Boa fama vale dinheiro.

Boa fazenda negros, se no custassem dinheiro.

Boa guerra faz a boa paz.

Boa inteno vale mais que a riqueza.

Boa jornada faz quem em casa fica em paz.

Boa leitura a tristeza cura.

Boa leitura tristeza cura.

Boa maaroca fia, quem seu filho cria.

Boa mo do rocim faz cavalo, e a ruim do cavalo faz rocim.

Boa mo do rocim faz cavalo; mo ruim do cavalo faz rocim.

Boa mesa, mau testamento.

Boa mocidade, boa velhice.

Boa mostarda a fome.

Boa mulher nunca est ociosa.

Boa nevada: terra estrumada.

Boa noite aps mau tempo traz depressa chuva ou vento.

Boa noite, aps mau tempo, traz chuva e vento.

Boa palavra custa pouco e vale muito.

Boa parte em mau sujeito.

Boa pinga no carece propaganda.

Boa raa no mente.

Boa romaria faz quem em sua casa fica em paz.

Boa romaria faz, quem em sua casa fica em paz.

Boa teia fia, quem seu filho cria.

Boa ventura s com outra dura.

Boa vida pai e me olvida.

Boa vida rugas tira.

Boa vontade supre a obra.

Boa, abade! Missa tarde?.

Boas cercas fazem bons vizinhos.

Boas contas fazem boa amizade.

Boas contas fazem bons amigos.

Boas contas fazem os bons amigos.

Boas novas, a todo o tempo, e as ms, pela manh.

Boas palavras custam pouco e valem muito.

Boas palavras e maus feitos enganam sisudos e nscios.

Boas palavras, maus bofes.

Boas so mangas, depois de festa.

Boas sopas se faro com bom adubo e bom po.

Boato como fogo na campanha.

Boca calada remdio.

Boca cheia no conversa.

Boca de ambicioso s se enche com terra de sepultura.

Boca de mel, corao de fel.

Boca de mel, entranhas de fel.

Boca e bolsa aberta para fazer coisa certa.

Boca fala, boca paga.

Boca fechada e olhos abertos.

Boca fechada e trabalhar na almofada.

Boca fechada um boto, aberta um mundo.

Boca fechada no entram moscas.

Boca fechada no mete mosca.

Boca fechada tira-me da baralha.

Boca no admite fiador.

Boca que apetece, corao que deseja.

Boca que diz "no", tambm diz "sim".

Boca que erra, no merece pena nem po que lhe falte.

Boca que erra, nunca po lhe falea.

Boca que fala, no mastiga.

Boca que se beijou, nunca mal se desejou.

Boca que sempre diz "sim", l um dia diz "no".

Boca sem queixas um moinho sem m.

Boca, que queres? Corao, que desejas?.

Bocado comido no apanha amigo.

Bocado comido no ganha amigo.

Bocado comido, bocado esquecido.

Bocado de mau po no o comas nem o ds a teu irmo.

Bocado de mau po, no o comas, nem o ds a teu irmo.

Bocado de mau po, nem para ti, nem para o teu co.

Bocado engolido, sabor perdido.

Bocejo longo, fome, sono ou manha do dono.

Bocejo longo, fome, sono ou ruindade do dono.

Bocejo longo, ou fome, ou sono, ou ruindade do dono.

Bocejo longo, ou fome, ou sono.

Boda e mortalha, no cu se talha.

Boda molhada, boda abenoada.

Boda molhada.. boda abenoada.

Bode no morre de fome.

Bode s d chifrada em quem anda a p.

<<< operone >>>


DEUTSCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79


ENGLISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20


FRANZÖSISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49


ITALIENISCH
1 2 3 4


LATEINISCH
1 2 3 4


PORTUGIESISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20


SPANISCH
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10